Motorista robô pode ser o mais estranho memorial da Segunda Guerra Mundial

ANÚNCIO

A Segunda Guerra Mundial terminou há mais de setenta anos atrás. No entanto, isso não significa que as velhas tensões tenham desaparecido. Enquanto os países da Europa Ocidental superaram suas diferenças, pelo menos até o Brexit do Reino Unido da União Europeia, a situação é diferente na Ásia.

Em particular, o antigo antagonismo entre China e Japão ainda se enfurece. Em parte, a animosidade decorre de diferentes ideologias políticas. No entanto, grande parte da raiva remonta às ambições imperiais do Japão nas décadas de 1930 e 1940.

ANÚNCIO

China rickshaw japanese soldier robot wwii

Essa lição de história pode ser bastante entediante, mas, felizmente, um soldado chinês aposentado construiu um motorista de riquixá japonês robótico. A invenção resume esta situação sem dizer uma palavra.

Dian Shaojie decidiu comemorar seus compatriotas caídos, enquanto também salvava suas costas. Aposentado do exército chinês em 1979, Dian ganha a vida como motorista de riquixás. No entanto, nos últimos vinte anos, ele tem pensado em robôs.

ANÚNCIO

Mais especificamente, um robô, vestido como um soldado japonês da Segunda Guerra Mundial, para servir como seu “Memorial do Diabo Riquexó Japonês”. Finalmente, seu trabalho valeu a pena. No início deste verão, ele aperfeiçoou o mecanismo que permite ao robô andar como um homem.

O trabalho árduo de Shaojie se estendeu à compra de um uniforme japonês de imitação de alta qualidade e à aplicação de uma pintura, completa com um bigode General Tojo. A pintura poderia usar algum trabalho. Parece um pouco uma combinação entre Hitler e o personagem principal de V for Vendetta.

Dian vive na cidade de Luoyang. Localizada na província de Henan, esta área viu algumas das piores condições da guerra. Primeiro, os japoneses causaram fome em 1942-3. Então a área foi a linha de frente da guerra total brutal em 1944.

O motorista do riquixá percebeu que seus vizinhos apreciariam o memorial tanto quanto ele. Ele também atraiu algumas perguntas de turistas oferecendo comprar sua invenção. No entanto, Shaojie não tem planos de vender. Seu robô pode andar, girar e correr sob comando, enquanto também puxa o riquixá de um lugar.

Ele espera que a popularidade conquistada por sua invenção e as taxas mais altas de riquixá que ele possa cobrar lhe permitam construir um exército robótico representando a resistência chinesa ao Império Japonês durante a Segunda Guerra Mundial.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Weird Asia News

ANÚNCIO