Monte a sua matéria: A divertida história do Pica-Pau #84

E desde já, contamos com a sua participação! O e-mail?equipe@minilua.com! A todos, uma excelente leitura.




A divertida história do Pica-Pau

Por: Lucas Rodrigues

Sendo um dos personagens infantis mais requisitados dos últimos tempos, Pica-Pau se tornou um ícone dos desenhos animados, devido ao seu incrível carisma e seu jeito espevitado de ser. O pássaro conquistou milhares de crianças no mundo todo, um sucesso que perdurou por vários anos e que dificilmente será esquecido pelos fãs mais nostálgicos, que cresceram assistindo as peripécias, as travessuras e as aventuras do pássaro mais amado do mundo.

Criado em 1940, pelo artista de storyboard Walter Lantz, Pica-Pau ganhou uma popularidade impressionante, carregada de diversão e alegria, pois são essas duas coisas que o personagem tem a oferecer e consegue sem dificuldades.

A primeira aparição do pássaro é datada de 1957 no Woody Woddypacker Show no qual o personagem interagia com filmagens de seu criador, fazendo com que ambos estivessem apresentando o programa em parceria.

Vários curtas foram produzidos até o ano de 1972, nesta época o personagem já estava agradando seu público, com diversas aventuras que são lembradas até hoje, inclusive a sua risada característica, cuja esta é considerada a marca registrada do pássaro.

Pica-Pau sofreu várias mudanças de visual ao longo dos anos:

1- O Pica-Pau biruta (1940)

Nos primeiros episódios do desenho animado, o Pica-Pau tem uma aparência considerada grotesca, um pássaro louco.
Este visual combina perfeitamente com a ideia de um pássaro biruta. Ele tinha patas amarelas, tórax vermelho, cauda verde e dava gargalhadas totalmente insanas e por vezes ficava até vesgo.

É também conhecido como o Pica-Pau gordo.

2- O Pica-Pau “normal” (1944)

O visual mais gracioso do personagem foi desenvolvido por Emery Hawkins e teve sua primeira aparição no episódio “O Barbeiro da Sevilha” (The Barber of Seville), quando o Pica-Pau perdeu o visual biruta e passou a ter penas azuis em suas pernas e cauda.
Este visual foi usado até o final da década de 40.

3 - O Pica-Pau nos anos 50 (1951)

Nos anos 50, o Pica-pau ganhou um novo design, bastante específico para a época. Foi uma transição anterior e com um corpo mais parecido com o de um menino. Este último visual foi definitivo, porém radical se comparado a fase anterior.

4- Um Pica-Pau mais sério (1961)

Este foi o período em que o Pica-Pau passou por maiores alterações na personalidade. O personagem ficou mais tranquilo.

5- O Pica-Pau escocês (1999)

Walter Lantz produziu o desenho até o ano de 1972 quando fechou definitivamente seu estúdio. Então, o personagem só voltou a aparecer em 1999 no programa “O Novo Show do Pica-Pau” produzido pela Universal Pictures Animation de 1999 à 2003.

Esta nova série contém um humor grotesco e exagerado, onde o Pica-Pau e seus amigos protagonizam situações completamente absurdas. As histórias começaram a ficar mais forçadas e sem sentido ou com situações complicadas demais.

As cores dos personagens ficaram mais fortes nos episódios de 2003, por isso é possível notar o Pica-Pau mais azul-escuro. Embora o visual deste Pica-pau se assemelhe com os antigos, este tem uma personalidade bem diferente: é mais folgado, mais mal-humorado, desleixado e menos esperto, além de raramente bicar árvores e pessoas e de não voar.Pica-pau também tem um episódio perdido chamado “Uma aventura no supermercado”.

Um personagem icônico que merece todo o sucesso que conquistou nessa longa estrada de diversão, seu carisma foi disseminado de forma que agradou todas as crianças do mundo.

A alegria que o personagem têm transfere para o telespectador lhe oferecendo momentos de diversão que se tornam saudosos quando passam, isto Pica-Pau faz com maestria e que as próximas gerações possam desfrutar desta diversão que as crianças do passado também tiveram e hoje (já adultas) lembram com saudade deste pássaro que já anima só de ouvir sua risada.
           

Curiosidades sobre o Pica-Pau

Pica-Pau

- A inspiração para a criação do personagem Pica-Pau, veio de uma situação bem inusitada vivida por Walter Lantz. Ele estava em lua-de-mel quando teve a ideia de criar o Pica-Pau, por conta de um exemplar que o atormentou e divertiu na noite de núpcias.

 - Pica-Pau foi o primeiro desenho animado a ser exibido na TV brasileira na extinta TV Tupi. Na época os desenhos eram exibidos com a dublagem original, pois a dublagem brasileira só surgiria em 1957.

- O Pica-pau é um dos poucos personagens de desenho animado que possui uma estrela na calçada da fama.

- No filme “Looney Tunes: De volta a ação“, há uma cena cortada, que faz referência ao fato de que a risada do Pica-Pau já havia sido usada pelo Pernalonga, a cena mostra Pernalonga sendo atingido pelo raio azul de diamante “Macaco azul” e se transformando de novo em sua forma primitiva, o coelho Happy Rabbit e dá duas vezes a famosa risada. A cena acabou ficando de fora do filme, sendo inserida apenas nos extras do DVD.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo