Monte a sua matéria: A arte da hipnose V #138

Pois é, e aqui no site, você confere os mais diferentes temas. Hoje, por exemplo, com um dos mais em voga nos últimos tempos. E-mail de contato: equipe@minilua.com! A todos, uma excelente semana!




A arte da hipnose (parte V)

Por: José Victor

Vimos que existem diversos tipos de hipnose, cada uma com as suas especificações e funcionalidades, vimos o poder e a grande capacidade da hipnose instantânea na qual foi a mais poderosa até agora…Bem vindo ao outro lado do mundo, o mundo secreto, não só da hipnose como de diversas outras coisas na qual você vai entender ao longo do post.

Milton Erickson foi um grande hipnoterapeuta, porém durante a segunda metade do século XX com o avanço científico a hipnose foi sendo deixada de lado pois sua eficiência ainda era desconhecida(hipnoterapia tem como 90% de sucesso em todos os casos) então logo se via Milton sendo proibido de usar o seu método…mas isso não iria para-lo. Erickson como um gênio da psicologia, deu os primeiros passos para um outro ramo da ciência chamado PNL.

Erickon sabia dos padrões de linguagem da mente(cérebro) e acabou por fim fazendo uma outra forma de levar à um transe, uma forma mais segura e secreta. Milton descobriu formas de hipnotizar pessoas sem que elas percebessem e elas ainda lúcidas. Um certo dia, descobriram esta façanha e foram processá-lo, no dia do julgamento, Erickson e o diretor da clínica na qual estava para processá-lo pegaram o mesmo avião, ao descer, o homem já não iria mais processá-lo e viraram grande amigos…

A hipnose secreta não é muito conhecida, se você for procurar agora no Google não achará muito coisa, ela é usada muito em comerciais, e em alguns templos religiosos, se você já viu aquele vídeo dos pastores nocauteando o fiel com as “palavras de Deus”, então continue lendo que você verá que de divino isso não tem nada. E os comerciais?

Esses são muito caras de pau.A hipnose secreta é uma mistura de hipnose, PNL e mentalismo, onde são usados simultaneamente mas não em excesso, o segredo é ser discreto. O tipo de hipnose usada aqui é a conversacional, onde não vimos nos posts anteriores, mas veremos a partir de agora.

A PNL é a sigla usada para Programação Neurolinguística, é a forma em que o cérebro processa as informações e manda-as para o seu subconsciente onde é formado a sua personalidade e seu caráter.

Mentalismo é a arte da enganação, porém na Hipnose secreta não é usado a enganação, mas sim a leitura fria e o poder da persuadir pessoas, ou convencê-la a fazer algo.
Hipnose conversacional, a forma de hipnose onde só se usa palavras em formas de metáforas ou frases indiscretas, para enganar o E.C.
Nesse post não vou dizer como se faz nada, pois é algo muito extenso e não irei tomar mais páginas no site com essa matéria, então essa será o último post da série. Irei dizer como ela funciona.

O sistema hipnótico no mundo

As pessoas não sabem o quanto são vulneráveis e sugestionáveis são em relação a tudo em seu redor. Em um mercado tão dinâmico acabamos por fazer coisas no modo automático, e nesse intervalo de tempo ficamos em transe hipnótico. Tipo entrar em um ônibus ou dirigindo o seu carro, onde a viagem acaba como se fosse em segundos, você não nota o trânsito ou a paisagem, isso é porque o seu cérebro já está tão acostumado com isso que acaba “dirigindo” tudo sem a sua conscientização, isso pode ser perigoso, tente sempre se manter alerta.

Você já deve ter se perguntado como um pastor consegue fazer alguém desmaiar apenas falando, tenha calma pois talvez ele não seja um charlatão, quando a pessoa está tão envolvida sentimentalmente(principalmente com medo) ela fica muito vulnerável
à sugestões hipnóticas(como vimos nas induções instantâneas),e na igreja as emoções vão as alturas.

Existem pessoas que possuem técnicas altíssimas de rapport(conexão entre pessoas) instantâneo, onde misturam PNL e mentalismo, cuidado pois quando você for comprar algo, pode estar sendo enganado, compre o produto não o ego do vendedor. As técnicas mais eficientes para conseguir um bom rapport são:

Imitar parcialmente a “vítima”(como na forma de falar ou movimentos)
Estar na mesma sincronia de respiração
Não falar com as mãos
Sorria
E a mais poderosa *pergunte sobre ela.

Você pode estar se perguntando porque perguntar sobre a pessoa é tão interessante, muito simples, as pessoas gostam de falar de si mesmas, isso abre espaço para uma conversa longa, e ela vai se sentir confortável com você.

Além das perguntas, também pode-se fazer pequenos “elogios sinceros”, o que é isso? São elogios à coisas que pertence a pessoa e não a aparência geral ou caráter, como “Nossa esse seu lápis é bem diferente, tem um estilo próprio”.

A hipnose conversacional é um pouco diferente, pois ela pode ou não ter um resultado imediato, pode ser uma sugestão direta ou indireta e tem que ser cuidadoso com as palavras, pois uma frase nunca entra por completa no cérebro, é pego só as partes mais importantes, sempre é bom saber usar as palavras de “impacto” para ter sucesso, existem as palavras de impacto positivas e negativas. As palavras de impacto mais comuns são:

Positivas:

Poder
Fazer
Sim
Conseguir

Negativas:

Tentar
Perder
Não

Por exemplo se você quisesse que uma pessoa se sentisse calma seria “Esse lugar é tão calmo, é uma sensação tão boa que nos *faz* *poder* ficar calmos como ele.” Ou para uma pessoa ficar fraca de forma física “Nossa quanto mais *tentamos* levantar esse objeto, mais nos faz *perder* as forças.”

Um outro exemplo, “Uhm consigo sentir um gosto de chocolate quente, é tão tentador que me faz vontade de beber”. Também quanto mais detalhado for, mais sucesso tem a sugestão.
A mistura dessas 3 (hipnose,PNL e mentalismo) coisas juntas é tão poderosa que você poderia fazer alguém esquecer o próprio nome ou o nome dos pais, como no vídeo abaixo:

E o vídeo mais famoso do assunto, The Subway, é simplesmente incrível.

Bem esse foi o último post espero que tenham se interessado pelo assunto, vão lá pratiquem!

Receba mais em seu e-mail
Topo