Monte a sua matéria: 127 Horas – O filme #56

E para participar, não tem mistério. Envie o seu texto para: equipe@minilua.com! Lembrem-se: Os temas são livres, e mais, a sua participação também. Uma boa leitura a todos!




127 horas - o filme

Por: Luiz (3 Hits)

E começo esta crítica perguntando: o que se esperar de um monólogo? Coisa chata não? Devem ser um cara falando com ele mesmo ou curtindo altas aventuras, sozinho pelo mundo e tal. É, talvez seja realmente chato um filme onde basicamente há apenas um único ator ali representando. Porém, 127 Horas conseguiu não simplesmente mostrar uma trama baseada em fatos reais, mas conseguiu fazer com que o espectador entendesse o sentimento que se passa com o personagem principal, Aron Ralston.

Danny Boyle conseguiu uma incrível e simples produção com esse filme que mesmo com esta obra, não teve o mesmo sucesso que seu último filme (Slumdog Millionaire - Quem Quer ser um Milionário).

Contar uma história real de uma pessoa sozinha em um pequeno espaço, durante um filme e ainda atrair a atenção do público, não foi tarefa fácil. A seleção de cenas foi feita de forma minuciosa. Cada cena cada momento não foi feito aleatoriamente. Cada cena tem uma importância, seja para entender sobre o que estava acontecendo, seja para transmitir os sentimentos de Aron.

A filmagem foi de extrema importância para a película. Foi feita de uma forma a captar os pequenos detalhes, da situação que estava sucedendo-se. Foi captado detalhes do personagem ajudando na interpretação dos sentimentos pelo qual ele estava passando. Mostraram com perfeição o ambiente do Cânion em Utah.

Uma boa ideia de Danny fora trabalhar mais uma vez com A.R. Rahman, o responsável pela vitoriosa trilha sonora de “Slumdog Millionaire”. Com uma maravilhosa trilha sonora unida aos momentos corretos na trama, deram uma atenção maior a cada cena. Foi responsável também por dar uma emoção a mais em alguns trechos (em um deles, pessoas desmaiaram).

E não podíamos esquecer o principal atrativo deste filme: James Franco. O ator conseguiu uma magnífica atuação. Demostra de forma incrível as diversas sensações vividas por Aron. Consegue mostrar o quanto foi agonizante a situação que passou o personagem. Foi considerado por muitos a melhor atuação de Franco nas telas. Foi indicado a 26 prêmios (inclusive o de melhor ator no Oscar) e ganhou 7 deles.

O Filme foi indicado a 6 Oscars: melhor filme (127 Horas), Melhor ator (James Franco), Melhor roteiro adaptado (Danny Boyle; Simon Beaufoy), Melhor trilha sonora (A. R. Rahman), Melhor canção original (A. R. Rahman, Rollo Armstrong e Dido) e melhor edição (Jon Harris).

127 Hours foi aclamado pela crítica. Segundo o site Rotten Tomatoes, o filme tem 94% de aprovação, baseado em 173 resenhas, mantendo uma média de 8,3/10. Segundo relatos da imprensa, algumas pessoas chegaram a desmaiar em razão de uma das cenas finais do filme, durante sua exibição no festival de Toronto.

Para os que já viram o que acharam? E para os que ainda não viram um bom filme.

Receba mais em seu e-mail
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/monte-a-sua-materia-127-horas-o-filme-56/index.html //-->