PROPAGANDA
PROPAGANDA

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

PROPAGANDA

PROPAGANDA

Mesmo com uma quantidade infinita de conhecimento disponível a apenas alguns cliques de distância, ainda há muitos equívocos e mitos sobre a ciência que as pessoas ainda acreditam. Na era moderna da internet, você poderia pensar que seria mais fácil refutar rumores e encontrar as informações corretas, mas sites de mídia social como o Facebook e o Twitter tornam muito mais simples do que nunca espalhar informações erradas e fatos errados. Embora muitos desses mitos tenham se originado anos atrás como contos de esposas antigas, eles continuaram sendo tão prevalentes hoje, apesar de serem completamente falsos.

1- O cabelo e as unhas crescem após a morte

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

O cabelo e as unhas não crescem após a morte, mesmo que pareçam fazê-lo. Isso ocorre porque depois que alguém morre, a pele começa a encolher e recuar, dando a impressão de que o cabelo e as unhas cresceram. Não é possível eles crescerem, pois necessitam de nutrientes para produzir queratina, algo que o corpo não pode fazer quando está morto.

2- Humanos explodem se expostos ao espaço

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

Filmes de Hollywood e programas de televisão levaram milhões de pessoas a acreditar que, se um humano fosse exposto ao vácuo do espaço, ele se expandiria e explodiria. Quando uma pessoa real está em um vácuo, ela não fica maior e pode, na verdade, sobreviver enquanto puder prender a respiração. É possível que os pulmões explodam se a pessoa não tiver expirado com rapidez suficiente quando exposta, o que pode fazer com que o ar entre na corrente sanguínea. Caso contrário, uma pessoa no espaço simplesmente morreria de uma morte muito mais subestimada por asfixia.

3- Um raio nunca atinge o mesmo lugar duas vezes

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

Isso muitas vezes cita a expressão idiomática, é uma maneira de dizer que coisas ruins não acontecerão com a mesma pessoa duas vezes. Também é um fato científico comumente acreditado que muitas pessoas vêem como verdadeiro. Na realidade, porém, um raio pode atingir qualquer lugar a qualquer momento e se um objeto foi atingido antes não afeta se ele será atingido novamente. Algumas pessoas foram atingidas por raios várias vezes, enquanto edifícios altos podem ser atingidos centenas de vezes por ano.

4- Uma lua cheia provoca um comportamento errático

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

A crença de que uma lua cheia pode causar um comportamento estranho e errático existe há centenas de anos. Nos tempos modernos, alguns até afirmam que a lua cheia pode afetar a água dentro do cérebro, fazendo com que algumas pessoas ajam de maneira diferente. Apesar das alegações de que as taxas de criminalidade e acidentes sobem durante a lua cheia, muitos estudos mostraram que não há realmente nenhuma ligação entre eles.

5- Estalar a articulação causa artrite

10 Mitos da ciência que as pessoas ainda acreditam

Embora possa fazer sentido que as juntas continuamente estilhaçadas possam causar danos e impedir que as articulações funcionem corretamente, não há, de fato, nenhuma evidência que sustente a ideia de que pode causar artrite. Estudos mostram que as juntas estaladas e outras articulações não causam danos às articulações, pois a rachadura não vem dos próprios ossos, mas de bolsões de ar que ficaram presos.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.