Os misteriosos relâmpagos negros

A humanidade já descobriu diversas coisas estranhas como matéria e energia escura, que estão espalhadas por todo o Universo, mas agora foi descoberta uma nova coisa misteriosa, só que essa está muito mais perto da gente.




Do mito ao fenômeno

lightning

Há muito tempo, todos achavam que os relâmpagos eram feitos por deuses, afinal ele era considerado estranho e incrível por pessoas que desconheciam a ciência dos fenômenos naturais. Mas conforme o conhecimento humano foi evoluindo, os deuses foram deixando de existir, dando lugar a explicações mais lógicas.

Assim os raios deixaram de ser sobrenaturais e viraram fenômenos naturais, que não passam de grandes descargas elétricas. E quando se pensava que sabíamos tudo sobre eles e como funcionavam, surgiu um novo mistério.




Relâmpagos negros

lightning (1)

Caso alguém lhe pedisse para descrever um raio, você diria que ele é um risco brilhante, que faz um barulhão e parece ser poderoso. Agora imagine um raio que não faz barulho, não brilha, mas que é muito mais poderoso… Esses são os relâmpagos negros.

Joseph Dwyer, cientista do Florida Institute of Technology, foi quem descobriu esse estranho fenômeno, analisando dados de mais de duas décadas, descobrindo que os relâmpagos negros podem ser extremamente poderosos e muito perigosos também.




Poderosos obscuros

LightningAirplane_041113-617x416

Segundo o estudo divulgado, os relâmpagos negros podem conter um milhão de vezes a energia que um raio comum tem. Para piorar eles são capazes de gerar raios gama, o tipo de radiação mais poderosa existente no Universo. A coisa é tão feia que se um desses relâmpagos acertar alguém, essa pessoa recebe a radiação máxima recomendada para toda sua vida de uma vez.

Esses relâmpagos, que são a maneira das tempestades liberarem a energia extra, não são visíveis e tem maiores chances de acertar pessoas em aviões, por isso é impossível saber com certeza se alguém já foi acertado ou não.




Curiosidades negras

lightning4

- Para cada mil raios comuns, ocorre um negro;

- A radiação ionizante de um relâmpago negro pode causar problemas de saúde a uma pessoa, porém ela provavelmente nunca saberá qual foi à origem do problema;

- Apenas no Brasil, morrem em média 130 pessoas por ano devido a raios normais.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Receba mais em seu e-mail
Topo