Estigmata, o mistério que percorreu anos

Estigmata é a manifestação espontânea de feridas sangrentas nas mãos de uma pessoa, pés, testa e volta - semelhante ao das chagas de Jesus crucificado.

Desacreditado por muitos, este "fenômeno" tem causado aflição não só em quem sofre estas chagas, mas também a quem vê.

Nestas feridas muitas vezes há sangramento ou secreção de um líquido, e podem aparecer e desaparecer em questão de horas. É acreditado que geralmente só os santos e os mais devotos religiosos sofrem estigmas. Em muitos casos as pessoas chegam a sentir a amarração dos chicotes em suas costas. 

Classicamente, aparecem estigmas em até cinco locais: nas mãos ou pulsos, pés e lados, e outras feridas, incluindo:

- Ferimentos causados por uma coroa de espinhos, embora às vezes invisível; 

- amarrações ou açoite do chicote nas costas; 

- A ferida do lado, causado por uma lança, ou lanceNail buracos nos pulsos, mãos ou furos de prego nos tornozelos ou pés.

O primeiro caso conhecido foi São Francisco de Assis, em 1222. Desde a sua época, foram mais de trezentos estigmas relatados. Georgio Bongiavani (foto abaixo) é uma das vítimas mais recentes conhecidas. 

No seu caso, feridas nas mãos e na testa parecem aparecer e desaparecer quase à vontade. A explicação para os estigmas ainda é um mistério.

Os médicos têm registrado que o sangue secretado pelas feridas é um tipo diferente do grupo sanguíneo ou é um líquido desconhecido, ou ainda exala um perfume. Uma teoria popular é que os estigmas são afecções psicossomáticas provocadas por níveis extremos de adoração, alguns creditam que o inconsciente pode trazer essas feridas pela sua devoção a Cristo, já que as feridas aparecem com mais intensidade no dia de Páscoa.

Da mesma forma, cada ferida geralmente corresponde as marcas na imagem do objeto da adoração de cada pessoa, ou seja, se a imagem é pregada através do pulso e tornozelos, as feridas aparecem nos pulsos e tornozelos. Mas há uma outra teoria: que os estigmas são enviados por Deus como um dom apenas para os mais sagrados.

E você acredita nos estigmas?

Adaptado de phenomenica

    Receba mais em seu e-mail
    Topo
    <-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/misterios-stigmata/index.html //-->