Menino de 12 anos de idade funda uma escola em seu quintal

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Enquanto muitos se queixam de ter que ir para a escola, esse menino não apenas frequenta as aulas pela manhã, mas também fundou seu próprio templo do conhecimento para ser professor à tarde.

Lenoardo Nicanor Quinteros é um estudante do ensino médio como qualquer outro, mas quando ele chega na casa de sua avó, Ramona Quinteros, pendura sua mochila e se prepara para receber seus próprios alunos em uma escola modesta que ele construiu no quintal.

Menino de 12 anos de idade funda uma escola em seu quintal

Em julho de 2014, ele pediu à avó permissão para montar uma sala de aula improvisada e ensinar dois meninos, que são primos dele. Ele os ajudou na lição de casa e, com o tempo, mais crianças se aproximaram desse pequeno professor.

Foi assim que ele fundou a escola “Patria Unidad” no bairro de Las Piedritas, na cidade de San Juan, Argentina. Agora todo mundo o conhece como Prof Nico e, no total, ele tem pouco mais de 50 alunos em seis cursos diferentes de nível fundamental.

Menino de 12 anos de idade funda uma escola em seu quintal

Embora a maioria de seus alunos tenha a mesma idade, o professor Nico também tem alunos mais jovens que ele e também muito mais velhos, por exemplo, Mirta, uma senhora de 40 anos que se matriculou nesta escola ‘de papelão’ para aprender a escrever.

Leonardo só quer ajudar os outros, contribuir com seu grão de areia para que todos tenham uma educação. Ele também recebeu uma bolsa do ensino médio da Escola que frequenta. Pouco a pouco, o professor Nico está se preparando para continuar crescendo e dando melhores aulas.

Menino de 12 anos de idade funda uma escola em seu quintal

Estudante de manhã e professor-diretor à tarde, Leonardo é um exemplo a seguir para todos que têm a vocação de ensinar.