Menino de 3 anos fica preso em uma máquina de bicho de pelúcia. Ele queria pegar um urso!

Basta um piscar de olhos para que uma criança pequena se veja em uma situação que não poderíamos imaginar, como terminar dentro de uma máquina de ursinhos de pelúcia. Eles deixam a gente se questionando como eles conseguem fazer essas coisas.

Noah tem 3 anos e enquanto sua mãe, Natalie Draper, 37 anos, levava seu irmão para o banheiro em um shopping center em Mansfield, no Reino Unido, ele decidiu entrar na máquina, porque queria um ursinho de pelúcia.

Menino de 3 anos fica preso em uma máquina de bicho de pelúcia. Ele queria pegar um urso!

Ao sair do banheiro, tenho certeza que Natalie não sabia se devia gritar ou depositar uma moeda e tentar resgatar seu filho. A mãe relatou o que aconteceu:

“Eu levei meus filhos a um centro de diversões para mantê-los entretidos durante toda a manhã, mas nunca esperei que isso pudesse acontecer. Levei seu irmão Joel ao banheiro e deixei Noah brincando com um amigo por alguns minutos.Mas quando voltei, uma senhora me agarrou e perguntou se ‘era meu filho’, então perguntei ‘onde?’ Assim que ela disse “na máquina” corri para dar uma olhada e pude ver que Noah tinha entrado lá e ficou preso.”

O que foi dito: em um piscar de olhos, tudo pode acontecer com uma criança pequena.

Menino de 3 anos fica preso em uma máquina de bicho de pelúcia. Ele queria pegar um urso!

Como esse tipo de máquina é colocado por terceiros, no shopping eles não tinham a chave para abri-la, então tiveram que quebrar as fechaduras e depois de 10 minutos, que segundo Natalie foram os piores de sua vida, eles resgataram Noah sã e salvo.

Depois de tê-lo em seus braços e ter certeza de que ela estava bem, a mãe relaxou e tudo começou a parecer engraçado:

“Felizmente ele saiu completamente ileso e uma placa de “fora de serviço” foi colocada na máquina. Agora que acabou e estamos em casa, não consigo parar de rir do que aconteceu. Tudo o que ele queria era um ursinho de pelúcia. Se  tivesse me pedido o dinheiro teria comprado, e não teria que ir tão longe.”

No final tudo acabou bem, mas a partir de agora Noah certamente terá mais vigilância, porque da próxima vez pode haver um risco maior.