Início Curiosidades

Menina de cinco anos deixada com bolhas graves após encontrar Hogweed gigante

Uma mãe alertou sobre uma planta perigosa que cresce no Reino Unido depois que sua filha ficou com bolhas incrivelmente dolorosas.

Rebecca Barnes apareceu no ITV News para falar sobre como seus dois filhos precisaram de tratamento hospitalar após entrar em contato com a venenosa gigante hogweed.

É considerada uma das plantas mais perigosas da Grã-Bretanha e pode atingir mais de 6 metros de altura.

O filho de sete anos de Barnes, Reggie, e a filha de cinco, Roma, tiveram que ser levados ao Hospital Distrital de Salisbury depois de encontrarem o gigante hogweed quando brincavam fora de casa.

Roma ficou com bolhas horríveis, mas se a planta tocasse em seus olhos, ela poderia ter ficado permanentemente cega.

As crianças se depararam com a planta enquanto brincam do lado de fora e, por ser oca, produz um excelente brinquedo improvisado.

No entanto, a seiva é incrivelmente prejudicial e pode deixar crianças com cicatrizes, bolhas ou algo pior.

Sabe-se que a seiva tóxica dentro da planta reage à luz solar, o que causa queimaduras químicas na pele. Rebecca ficou sabendo da situação pela primeira vez quando notou que a pele de Roma estava vermelha, mas sua condição se deteriorou após um dia passado ao sol.

Agora, ela quer aumentar a conscientização entre outros pais sobre o que a planta é capaz.

Ela explicou: “Geralmente não é avisado sobre o que eu acho que precisa ser.

“Nos passeios públicos, é necessário que haja imagens, porque se a seiva entra em seus olhos, pode causar cegueira permanente”.

Roma foi a criança mais afetada pela planta e agora terá que manter as ataduras nos braços e pernas por vários meses, mas talvez até anos.

Sua mãe continuou: “Por pelo menos seis meses, mas até sete anos como proteção solar não serão suficientes.

“Estou apenas rezando para que a cicatriz não fique, porque obviamente pode deixar cicatrizes muito ruins”.

O hogweed gigante é particularmente ruim este ano porque está florescendo, de acordo com Guy Barter da Royal Horticultural Society.

Barter disse ao The Sun: “Ele gosta de solo úmido, gosta de áreas ribeirinhas próximas aos rios e, é claro, neste inverno, tivemos muita chuva – um dos invernos mais chuvosos já registrados”.

Os rios eram altos, que pegavam as sementes e os fragmentos das plantas e os espalhavam pelos cursos de água”.

Um especialista do Rivers Trust também disse: “É, sem sombra de dúvida, a planta mais perigosa da Grã-Bretanha”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible