Os Melhores Motoristas do Cinema

Cuidado, o título da lista em questão pode te confundir. Logo, peço desculpas se você chegou aqui em busca dos condutores mais rápidos e ousados da sétima arte (a maioria provavelmente habita a Franquia Velozes e Furiosos), mas os motoristas listados aqui são de outro tipo. Eis aqui uma reunião de profissionais que ganham a vida conduzindo outros personagens mundo à fora.
Estamos falando de motoristas particulares que são foco ou no mínimo, agentes importantes de mudança nas histórias em que habitam. Neste post lista deixamos, taxistas e motoristas de coletivos de fora, mas já fica aí a ideia de outra lista.

Hoke Colburn
(Conduzindo Miss Daisy – Driving Miss Daisy – 1989)

Colburn é provavelmente o motorista mais icônico do cinema. Ele passa à trabalhar para Daisy Werthan (Jessica Tandy), depois que a judia de 72 anos causa um acidente dirigindo. Forçada pelo filho à aceitar o afro-americano como condutor em plenos anos de 1940, Miss Daisy leva tempo para se acertar com o motorista. Mas, com o tempo, ambos superam barreiras sociais e culturais e constroem uma bela amizade.

Os Melhores Motoristas do Cinema

O longa é baseado em uma peça, que por sua vez é inspirado na história da avó do autor e roteirista Alfred Uhry. Indicado à nove Oscars venceu 4 deles, inclusive o de melhor filme.


Joseph Mindlentton
(O Diario da Princesa – The Princess Diaries – 2001)

Na verdade Joe (Hector Elizondo) é chefe da segurança do reino de Genóvia, mas é a função de motorista de Mia (Anne Hathaway) que ele mais cumpre no primeiro longa da franquia. Isso porque a Rainha Clarice (Julie Andrews), queria o melhor dos melhores vigiando a princesa. É claro, ele acaba fazendo amizade com a adolescente e lhe dando valiosos conselhos no processo. No filme seguinte o segurança aposenta a função de condutor/segurança e, pasmem, desposa a rainha.

Os Melhores Motoristas do Cinema

Inspirada nos livros de Meg Cabot, a franquia O Diário da Princesa tem dois filmes. Volta e meia aparecem rumores de que um novo longa está em produção.


Happy Hogan
(Marvel Cinematic Universe – 2008…)

Esse nasceu nos quadrinhos, como motorista e guarda-costas pessoal de Tony Stark. No cinema suas funções são mais condizentes com motorista/melhor amigo/secretário pessoal, já que a figura bonachona de Jon Favreau dificilmente assustaria os inimigos, mais do que o próprio Stark. Outra função que Hogan acabou assumindo dos cinemas é de “babá” de Peter Parker. É o secretário quem fica de olho no dia-a-dia do jovem Homem-Aranha, enquanto o chefe salva o mundo,

Os Melhores Motoristas do Cinema

Além dos três filmes do Homem de Ferro, Happy participou de Homem Aranha: De volta ao Lar. Também pareceu nos as trailers de Homem-Aranha: Longe de Casa e está listado nos créditos de Vingadores: Ultimato, ambos com estreia marcada para 2019. Vale mencionar que Favreau dirigiu os dois primeiros filmes do Homem de Ferro.


Ben Whittaker
(Um Senhor Estagiário – The Intern – 2015)

Outro que também está na função errada para atender melhor uma personagem de Anne Hathaway. Ben (Robert De Niro) é na verdade estagiário do programa e estimular a terceira idade à voltar a ativa. Ele é descolado para a função de motorista da chefe, a sobrecarregada criadora de um bem sucedido site de compras. Entre altos e baixos, ele constrói uma relação cumplicidade com a empreendedora, e lhes oferece bons conselhos.

Os Melhores Motoristas do Cinema

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.