Veja qual é o melhor investimento financeiro para a reserva da sua empresa

ANÚNCIO

Se você sabe que é importante juntar dinheiro para imprevistos, sabe que estamos falando de um fundo emergencial. Para os novos empreendedores, o assunto é novo. Mas, você vai descobrir qual é o melhor investimento financeiro para a reserva da sua empresa.

Agora, se você ainda não sabe a importância disso, a gente vai explicar. Então, resumidamente, a ideia deste conteúdo é mostrar aos novos empreendedores que antes mesmo de abrir o próprio negócio é preciso ter um plano de ações pensando em toda questão financeira.

ANÚNCIO

E isso envolve não apenas o fluxo de caixa, compra de estoques, pagamento de fornecedores e de funcionários. O assunto também chega até a montagem da sua reserva de emergências focadas na sua empresa e no crescimento sustentável dela. Saiba tudo sobre isso.

O que é uma reserva de emergência

Se você não notou ainda, saiba que esse novo artigo é um complemento do material que divulgamos anteriormente. Nele, a gente falou sobre “onde as empresas devem investir dinheiro para a reserva de emergências”.

Sendo assim, nós mencionamos: o que é uma reserva de emergência, como calcular a reserva emergencial (despesas, valor mensal, prazo, créditos, gastos), quando usar a reserva (mudanças, maquinários e oportunidades) e também onde investir o dinheiro.

ANÚNCIO

Basicamente, a gente concluiu que a reserva tem que estar em um ativo que seja seguro, confiável e não represente riscos. Além disso, que permite o saque dos recursos rapidamente e sem perdas. Logo, chegamos à conclusão de que boas opções seriam:

  • CDB com liquidez diária
  • Tesouro Selic
  • Nuconta

Assim sendo, nesse novo conteúdo que criamos e você está lendo agora vamos trazer informações mais especificas sobre cada uma das alternativas. Continue lendo para descobrir qual é o melhor investimento financeiro para a reserva da sua empresa.

O melhor investimento financeiro para a reserva da sua empresa

A gente já apresentou as opções mais viáveis para quem quer guardar dinheiro para a reserva emergencial da empresa. Agora, de forma resumida e objetiva, vamos falar de cada uma dessas opções.

1 – CDB com Liquidez Diária

O CDB é um dos produtos da renda fixa mais conhecidos. É um ativo oferecido por bancos e que conta com a segurança do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). No caso da liquidez diária, essa é uma opção para quem vai precisar resgatar os recursos rapidamente.

Isso porque, geralmente, um CDB tem um prazo de vencimento. E se o investidor sacar antes, ele pode perder rendimentos. No caso do CDB com liquidez diária, ele pode sacar quando quiser que não vai perder rentabilidade, ok?

Sobre as taxas, elas variam de ativo para ativo, de banco para banco. Sobre os impostos, ele tem o Imposto de Renda em tabela regressiva sobre o lucro do investidor. E para quem investe em menos de 30 dias tem o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) também.

Se há um lado negativo nisso é que geralmente esses CDBs possuem opções de compra com investimentos iniciais a partir dos R$ 5 mil. O que também pode variar.

2 – Tesouro Selic

A próxima opção que temos aqui é o Tesouro Selic. E ele é muito parecido com o CDB com liquidez. Por exemplo, na tributação e nos rendimentos. O que vai mudar mesmo é sobre a garantia. Nesse caso, ela não é feita pelo FGC, mas sim pelo próprio Tesouro Nacional.

E isso, para muita gente, o torna ainda mais seguro do que um CDB de banco. Ah, sim o CDB é emitido por bancos enquanto que o Tesouro Selic é emitido pelo Tesouro Nacional. A vantagem para o CDB é que as aplicações partem de valores menores. A partir dos R$ 100.

3 – Nuconta

Para terminar, ainda temos a Nuconta. Vamos explica brevemente: o Nubank é uma emprega digital de pagamentos. E não é considerada um banco digital, mas tem todas as funções de um. Logo, é vista no mercado como banco digital.

Assim sendo que agora tem uma opção de conta para empresas também. E a grande vantagem é que o dinheiro que fica na conta rende, automaticamente, uma taxa. A taxa é de 100% do CDI para todas as contas. E os tributos são os mesmos: IOF e IR.

A garantia também é dada pelo FGC, já que o Nubank passou a ser autorizado pelo Banco Central a atuar no Brasil. Uma vantagem é que o dinheiro que cai na conta já rende, diariamente. E isso pode ser bom para empresas que fazem muita movimentação.

Por outro lado, pode ser ruim para empresários mais tradicionais, que gostam de agências físicas, cheques e esse tipo de coisa menos moderna. No Nubank, tudo é feito digitalmente, por isso, os custos também são menores.

Qual é o melhor para a sua empresa?

Como mostramos acima, cada um dos ativos citados tem a sua vantagem e os seus pontos negativos também. Portanto, para você descobrir a resposta vai ter que analisar a atual situação financeira da sua empresa e o seu comportamento como investidor.

Veja qual é o melhor investimento financeiro para a reserva da sua empresa

Por exemplo, se você é alguém que não pode ver o dinheiro na conta que logo quer usar, saiba que a Nuconta pode não ser uma boa ideia. Por outro lado, se você quer investir sem tirar o dinheiro do banco, então, o CDB pode ser o melhor.

Mas, se você pensa em segurança, considere que o Tesouro Selic também é uma ótima alternativa de investimento para a reserva financeira. Assim sendo, as três opções são boas ideias – mas, isso vai depender de você e da sua empresa.

ANÚNCIO