Médica compartilha sacrifício comovente que ela fez para ajudar aqueles com Coronavírus

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Uma médica se tornou viral nas mídias sociais depois de se abrir sobre os principais sacrifícios que a equipe médica está fazendo para ajudar a salvar vidas durante a pandemia.

Médica compartilha sacrifício comovente que ela fez para ajudar aqueles com Coronavírus

À medida que as pessoas em todo o país permanecem dentro e se isolam devido ao surto de coronavírus, elas podem não estar pensando muito naquelas fora de sua casa.

Mas neste momento de grande incerteza e ansiedade, todos devemos poupar um pensamento para a equipe médica que está trabalhando duro para tratar as pessoas que lutam contra a doença.

Essas pessoas não apenas estão salvando vidas – elas também tiveram que fazer alguns sacrifícios verdadeiramente comoventes para poder ajudar.

Uma médica se tornou viral nas mídias sociais depois de compartilhar sua própria história de sacrifício, para que ela possa estar na linha de frente neste momento de necessidade.

A médica, conhecido apenas como Seema, foi ao Twitter para incentivar as pessoas a praticar o distanciamento social.

Mas, a mensagem dela era muito mais do que isso.

Ela escreveu: “Eu sou uma Dra. Estou prestes a me separar da minha família dentro de casa por três meses. Para que eu possa continuar tratando você, enquanto tento manter minha família segura.

“Dói. Sem abraços das minhas garotas, sem abraços do meu parceiro.

“Por favor mantenham distância social AGORA, para fazer meu sacrifício valer a pena.”

Sua postagem já recebeu mais de 313.000 curtidas e foi retuitada mais de 75.000 vezes.

E ela não é a única a fazer sacrifícios.

Rachel Patzer também revelou a luta de sua família no Twitter, escrevendo: “Meu esposo é médico no departamento de emergência e está tratando ativamente pacientes com coronavírus.”

“Acabamos de tomar a difícil decisão de isolar e mudar para o nosso apartamento na garagem por um futuro próximo, enquanto ele continua a tratar os pacientes.”

“Temos um recém-nascido de três semanas e dois filhos pequenos e não podemos arriscar. Dói-me imaginar quantas semanas se passarão para que ele não consiga segurar nosso novo bebê ou ver nossos filhos mais velhos.

“Este é um exemplo do sacrifício que os profissionais de saúde estão fazendo por nossas comunidades”.

Ela acrescentou: “Ao tentar educar em casa meus filhos (sozinhos) com um novo bebê que grita se não for alimentada, estou preocupada com a saúde de meu esposo e minha família. Não foi assim que imaginei minha licença de maternidade , mas sei que as coisas podem ser piores. ”

As pessoas nas mídias sociais agradeceram por fazer as escolhas difíceis e compartilham mensagens de apoio.

Uma pessoa disse: “Um agradecimento, dois agradecimentos, um bilhão de agradecimentos nunca serão suficientes para o belo sacrifício altruísta que você está fazendo por todos nós.

Temos muita gratidão por você e por todas aquelas almas incríveis que fazem o mesmo Toda a gratidão. Majestosa gratidão. ”

Outro comentou: “Não posso agradecer o suficiente pelo que você faz. Não há como. Por favor, fique o mais seguro possível”.

Um terceiro respondeu: “Obrigado a vocês dois pelos sacrifícios que estão fazendo a serviço dos outros. Fique em segurança”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Mirror