Maridos que ganham menos que as esposas brocham mais

33

Mundo machista esse, não?

Pesquisadores da Universidade Washington, nos Estados Unidos, analisaram os dados de 569 mil casais que foram acompanhados durante 10 anos (de 1997 a 2006). A ideia era ver as mudanças salariais de cada um e como andava a vida sexual do casal. E, olha só, quando a mulher passava a ganhar mais do que o homem, eles precisavam se apoiar nos estimulantes sexuais.

Só que isso acontecia apenas quando os homens, antes “provedores da casa”, começavam a ganhar menos do que elas. Aí mexia com o ego masculino. E refletia negativamente na cama. “Nesses casos, até as pequenas diferenças na renda são associadas a grandes mudanças no uso desses medicamentos”, explica Lamar Pierce, líder da pesquisa.

Na verdade, segundo a pesquisa, só de ganhar 500 dólares a menos que elas por ANO (!), os riscos de brochar aumentam 10%.

Maaas se a mulher ganhar mais do que eles desde o início do relacionamento, aí não tem crise. Eles aceitam numa boa.

Tá vendo, deve ser por isso que pessoas feministas são mais felizes no amor. Faz todo sentido.

Fonte: Superinteressante

Receba mais em seu e-mail
Topo