Marcus Rashford ultrapassa Kylian Mbappe para estabelecer novo recorde da Liga dos Campeões

ANÚNCIO

Marcus Rashford se tornou o jogador mais rápido a marcar três gols no banco na história da Liga dos Campeões na noite de quarta-feira.

O atacante do Manchester United foi apresentado com o placar de 1 a 0 contra o RB Leipzig, depois que o gol de Mason Greenwood no primeiro tempo deu aos anfitriões a vantagem.

ANÚNCIO

Rashford entrou em campo aos 63 minutos e fez seu primeiro gol exatamente 11 minutos depois. Quatro minutos depois, o jogador de 22 anos voltou a colocar a bola no fundo da baliza.

Jogador bateu o record em 27 minutos

O jogador do United, que vem ganhando as manchetes fora do campo graças à sua fantástica petição de pobreza alimentar infantil, poderia ter feito seu hat-trick ainda mais rápido.

O United ganhou um pênalti aos 87 minutos, mas Rashford generosamente deixou seu companheiro de equipe Anthony Martial marcá-lo. Foi o primeiro gol do francês na temporada.

ANÚNCIO
Marcus Rashford ultrapassa Kylian Mbappe para estabelecer novo recorde da Liga dos Campeões
Foto: (reprodução/internet)

Mas Rashford ainda conseguiu seu hat-trick com Martial retribuindo o favor de armar para ele nos minutos finais.

O homem do United conseguiu seu hat-trick em 27 minutos, um recorde do banco na Liga dos Campeões.

Kylian Mbappe detinha o recorde anterior com 38 minutos, Walter Pandiani antes dele com 44 e Joseba Llorente agora se torna o quarto homem mais rápido a marcar um hat-trick no banco em 45 minutos.

Rashford seguiu as instruções do técnico

Falando após o jogo, Rashford explicou o que Solskjaer lhe disse antes de entrar em cena.
“Acho que o técnico queria que eu acelerasse o ritmo”, disse ele. “Isso para nós significa ir em frente. Definitivamente havia espaços lá. Colocamos Bruno e Paul na posse da bola. Parecíamos perigosos o tempo todo e podíamos marcar cada vez que avançávamos.”

Marcus Rashford ultrapassa Kylian Mbappe para estabelecer novo recorde da Liga dos Campeões
Foto: (reprodução/internet)

Leia também: Marcus Rashford deverá ser rejeitado na lista de finalistas do prêmio Personalidade Esportiva do Ano da BBC

“Foi um verdadeiro desempenho de equipe. Os que começaram foram bem e os suplentes também. Não podemos pedir muito mais do que isso em termos de atitude e intenção de ir matar o jogo. Funcionou a nosso favor.”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO