Marca de brinquedos eróticos oferece desconto e incentiva as pessoas a ficarem em casa

ANÚNCIO
ANÚNCIO

A pandemia global e uma vida social ativa são mutuamente exclusivas.

Para tornar isso um pouco mais fácil, uma marca de brinquedos sexuais está oferecendo um desconto de quarentena para incentivar as pessoas a se masturbarem em casa em vez de sair.

woman's fingers in flowers

Os varejistas de brinquedos sexuais on-line do Reino Unido Kandid estão oferecendo 25% de desconto em produtos para ajudar as pessoas a ficarem felizes, bem e entretidas em casa.

A loja de brinquedos sexuais começou a ver um aumento nas vendas, devido aos clientes que passam mais tempo em casa.

Por isso, eles decidiram oferecer um desconto de 25% com o código “ficar em casa”. A marca acredita na masturbação para lidar com o estresse geral do dia-a-dia e com os momentos de ansiedade em que estamos vivendo agora.

Você não precisa nos dizer duas vezes.

Eles têm todos os tipos de brinquedos de bem-estar sexual.

O médico da Kandid nos diz: ‘Eu recomendo que a masturbação faça parte da sua rotina diária de autocuidado semanal ou de evento.

O prazer próprio é uma ferramenta comprovada de bem-estar que oferece diversos benefícios à saúde.

A masturbação regular pode reduzir a ansiedade, ajudar no relaxamento e no sono profundo e criar hormônios felizes. Além disso, é apenas divertido.

Kandid foi iniciada em 2019 pelos londrinos pelo casal Josh e Greg queriam lançar uma marca de brinquedos sexuais inclusiva.

Josh Morris, co-fundador da Kandid, disse: ‘Com a perspectiva de longos períodos de tempo em casa, sozinho ou com seu parceiro, queríamos ajudar as pessoas a encontrar novas maneiras de explorar e preencher seu tempo.

Nunca houve um momento melhor para relaxar e se divertir. ‘Ele também enfatiza que os produtos vêm em embalagens discretas, caso alguém se sinta envergonhado ou cauteloso com alguém que os encontre.

“Projetamos nossos produtos, embalagens e marcas de uma forma que não grita sexo – marca que pode ser usada para vender roupas – como uma forma de capacitar compradores nervosos e iniciantes a se sentirem mais confortáveis”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Metro