Estude essas 5 maneiras para usar o FGTS de maneira inteligente

Criado em 1966 para resguardar aquele trabalhador que foi descontinuado do seu serviço sem a conhecida justa causa, o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é um dos benefícios trabalhistas mais conhecidos do país. Descubra 5 maneiras para usar o FGTS assertivamente.

Até mesmo porque muita gente não espera para pôr as mãos nessa grana. Mas, quando o fazem acabam desperdiçando uma grande chance de arrumar a vida financeira. Ah, recentemente medidas do governo tornaram possível saques antecipados do Fundo.

Por isso, nos dias de hoje o FGTS funciona como se fosse uma reserva financeira aos trabalhadores que estão no regime da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), na chamada Carteira de Trabalho.

Isso vale tanto para rurais, intermitentes, temporários, avulsos, empregadas domésticas e vai até jogador de futebol e muitas outras profissões. O fato é que o montante é formado pela retirada de uma parte do salário bruto mensal de cada trabalhador.

As maneiras para usar o FGTS

Com tantas opções para se gastar esse dinheiro, muitas pessoas ficam na dúvida do que fazer com ele. A ideia deste conteúdo é que você faça um bom uso, a fim de regularizar a sua situação no mercado financeiro ou investir em si mesmo.

ANÚNCIO

1 – As dívidas

Quando chega aquela grana na conta, a primeira coisa que muitos querem fazer é comprar, não é mesmo? Seja a troca do celular por um modelo mais novo ou qualquer outra coisa. Porém, não seria mais inteligente pagar dívidas altas, como o cartão de crédito?

Pense que essa pode ser sua melhor oportunidade para quitar aquela pendência que há muito tem vem lhe perseguindo – e pode ser que até o seu nome já esteja sujo por conta disso, né.

Então, dê uma olhada em todas as suas contas e dê preferência para aquelas que tenham juros mais altos (cartão de crédito e cheque especial, por exemplo). Uma boa sugestão é fazer a renegociação da dívida de forma online.

2 – A aposentadoria privada

Uma opção que vem atraindo muita gente é investir o FGTS em uma aposentadoria privada. O motivo você já sabe: a previdência social está indo de mal a pior. Logo, isso faz bastante sentido, pois é bem interessante aproveitar a quantia para ter uma vida mais tranquila depois.

No entanto, mesmo sendo uma alternativa atraente é preciso ter alguns cuidados. É importante se informar sobre todas as condições antes de acordar com uma empresa sobre uma previdência privada.

Por exemplo, saiba sobre VGBL, PGBL e taxa de aporte para ficar ciente de todas as condições para fazer esse investimento. Mas, no geral, está entre as maneiras para usar o FGTS de forma inteligente e consciente.

3 – O fundo de emergência

Outra forma de não gastar todo seu dinheiro é investir com segurança, criando um fundo de emergência. Todavia, essa é uma sugestão para quem não está com problemas com dívidas ou esteja passando por alguma urgência, como comprar uma casa.

Porém, fazer esse fundo é para evitar justamente que no futuro você continue tendo esses mesmos problemas de dinheiro urgente para quitar ou comprar algo.

Você deve abrir uma poupança ou optar por uma aplicação com liquidez diária para guardar seu FGTS, pois é uma saída de segurança para não gastar seu dinheiro com bobeira e ainda ganhar juros, que é melhor do que ficar parado em qualquer outro local desvalorizando.

Caso entenda mais sobre o mercado de investimento, você poderá arriscar em outros tipos de aplicações mais rentáveis, que conseguem lhe render um lucro bem maior do que o que é gerado na caderneta da poupança.

4 – A compra da casa própria

Uma das formas mais comuns para investir o dinheiro do saque do FGTS é para realizar o sonho da casa própria e deixar de pagar aluguel. Você poderá utilizar até R$ 1,5 milhão para isso.

Saiba que na maioria das vezes você não poderá comprar um terreno com essa grana, mas poderá tranquilamente utilizar na construção da sua casa. Ele também poderá ser usado como forma de entrada para saldar o montante integral do imóvel ou somente uma parte.

Só que algumas condições devem ser atingidas. Entre elas, o contrato de financiamento do imóvel deve ser efetuado pelo âmbito do Sistema Financeiro de Habitação e você pode não pode ter outro financiamento nesse molde e nem ser dono de uma casa, por exemplo.

5 – O estudo

A última das maneiras para usar o FGTS é saber que gastar dinheiro em estudos nunca é desperdício, mas sempre um investimento. Essa é a melhor forma de se manter atualizado sobre as mudanças do mundo, adquirir conhecimentos e se capacitar também.

Essa pode ser a sua chance de finalmente entrar em uma faculdade, pode ser em uma instituição privada ou pública, pois se manter em outra cidade para conseguir se formar não é nada barato: tem aluguel, apostilas, energia, água e muitas outras contas.

Você pode também investir em pós-graduações, MBA e especializações, se já tiver alguma formação acadêmica em determinada área. Outra ideia é iniciar cursos de informática para se atualizar e até de outras línguas.

Saiba mais sobre os saques do FGTS

maneiras para usar o FGTS

A Caixa Econômica Federal é o banco responsável pelo pagamento do FGTS. Mais do que isso, ela explica como estão funcionando os novos saques desse Fundo, que são nomeados como Saque Aniversário ou Saque Imediato. Você pode saber tudo no site desse banco, inclusive, tirar dúvidas sobre o Fundo.

ANÚNCIO