Os maiores mistérios da humanidade #82

Semana passada falamos sobre o misterioso caso de Villisca Axe Murder House, lugar onde um crime terrível ocorreu e onde algumas das gravações mais intrigantes de fantasmas foram feitas. Hoje falaremos sobre estranhos casos de combustão espontânea:




Jacqueline Fitzsimons e outros casos

41041270_fire_ap203

Jacqueline Fitzsimons era uma menina inglesa que tinha apenas dezessete anos quando algo terrível lhe aconteceu. No dia 8 de janeiro de 85, ela estava na aula de culinária como em todos os outros dias, durante o intervalo ela saiu com as amigas 1para conversarem no corredor. De repente ela disse que estava sentindo um calor estranho nas costas e começou a passar mal. Antes que alguém pudesse fazer alguma coisa, Jacqueline estava em chamas, sua blusa e cabelo queimavam, infestando todo o lugar com aquele cheiro horrível.

Em pouco tempo várias pessoas chegaram e tentaram apagar as chamas, usando casacos para abafar e rolando a coitada pelo chão. Depois de muita briga contra o fogo, eles conseguiram vencer e Jacqueline foi levada para o hospital e sendo atendida.

Apesar de tudo ela teve apenas 18% do corpo queimado, mas infelizmente Jacqueline não resistiu aos ferimentos e veio a falecer quinze dias depois na UTI do hospital. Até hoje não se sabe como ou porque ela simplesmente entrou em combustão no meio do corredor da escola. E ao contrário de outros casos nesse haviam testemunhas que confirmam toda a história.

kRusso6L

As histórias sobre combustão humana espontânea são muitas, mas sendo que um dos primeiros casos foi registrado em 1663, quando um médico disse que uma paciente sua morreu totalmente queimada em sua cama, porém o colchão não tinha nenhuma marca do fogo, e mais tarde disseram que na verdade a mulher era uma vampira, por isso havia queimado sem deixar vestígios.

Pouco tempo depois um renomado doutor publicou um livro "De Incendiis Corporis Humani Spontaneis", também relatando esse tipo de caso. Após esses acontecimentos vários relatos surgiram mundo a fora e todos estranhamente tinham muitas características semelhantes, tais como: poucos sinais de fogo no lugar, a fumaça tinha cheiro adocicado, pés e mãos sempre ficavam inteiros. Dizem que os poucos que conseguiram sobreviver a uma combustão às vezes exalam um cheiro de queimado na pele e também é possível ver fumaça saindo de seus corpos.

combustion3

O caso mais famoso de combustão espontânea é o de Jean Lucille Saffin, que certa noite estava sentada em casa, quando de repente começou a queimar sem explicação em frente ao seu pai que observava a cena assustado. Desesperado, ele gritou por ajuda até que seu genro, chamado Donald Carolina, chegou e ajudou a apagar o fogo da mulher. Ela sobreviveu, mas durou pouco tempo vindo a falecer alguns dias depois.

shc03

Existem no mundo todo centenas de relatos sobre casos de combustão espontânea, porém jamais alguém conseguiu desvendar esse mistério, e responder o que leva uma a pessoa entrar em chamas do nada. E também existe a grande dúvida: porque normalmente aquele fogo misterioso só atinge a pessoa deixando tudo intacto em volta? Talvez esse seja um mistério que jamais desvendaremos.

Caso tenha gostado desse mistério, não se esqueça de “Curtir” o post em seu Facebook, espalhando o terror entre seus amigos.

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione no Face:http://www.facebook.com/diegominilua.

Receba mais em seu e-mail
Topo