Os maiores mistérios da humanidade #11

Semana falamos um pouco sobre o Conde de St. Germain. Hoje contaremos o resto dessa história:




Conde de St. Germain

germain01_thumb




PARTE 2 (para ler a parte 1, clique aqui)

Cinco anos já haviam se passado desde a suposta morte do Conde de St. Germain, mas em 1789 um b0704ailhete foi entregue a condessa d’Adhemar, dizendo para que ela fosse para uma determinada Igreja e lá esperasse. Para sua surpresa, ela acabou encontrando o próprio Saint Germain, aparentando apenas 45 anos, sendo que ele deveria ter mais de 90 anos nessa época.

Outra pessoa que o viu e acabou se surpreendendo foi Giacomo Casanova, que diz ter conhecido o Conde em 1710 e ter o reencontrado em 1775 com a mesma aparência, como se os anos não tivessem contado para ele.

Ainda existem outras pessoas importantes e que não teriam motivo nenhum para mentir sobre Saint Germanin, que afirmam tê-lo encontrado em diversos lugares. Segundo alguns relatos, ele foi visto em Paris no ano de 1835. Annie Besant afirma que viu o Conde em 1896, já C.W. Leadbeater supostamente encontrou Saint German em conde_saint_germain_250x2501926 na cidade de Roma.

Muito se fala que ele esteja vivendo na Holanda.

Várias perguntas sobre Conde de St. Germain ainda estão sem resposta: Como ele conseguiu surgir do nada e se tornar um nobre de nome relevante? Como ele conseguiu todo dinheiro que possuía? Por que ele nunca comia em público? Por que em todo lugar que ele ia, sempre acaba se mudando em pouco tempo? Por que tantas pessoas de credibilidade afirmam terem visto ele com uma idade superior aos 150 anos?

Mistérios para os quais ninguém tem resposta.

Receba mais em seu e-mail
Topo