Minilua

Mãe queima e mata o estuprador de sua filha – Veja oque o juiz decidiu

Se tem uma coisa que não sabemos é o que iremos fazer se virmos alguém que amamos correr algum tipo de perigo. Principalmente uma mãe. Há mais ou menos 20 anos, no dia 17 de outubro de 1998, a pequena Verônica tinha apenas 13 anos de idade, e foi comprar pão em um bairro de Alicante, na Espanha. E, acabou sendo estuprada. O homem que cometeu o crime, chamava-se Antonio Cosme, e ameaçou a criança com uma faca.

Depois disso, a vida de Verônica mudou para sempre. O homem foi preso, e passou 7 anos na prisão, mas quando saiu, voltou a assombrar a vida da mãe e da filha.

No dia 13 de junho de 2005, quando ele saiu da prisão, a primeira coisa que ele fez foi ir atrás da mãe de Verônica, e perguntar como a menina estava. Porém, elas já haviam sido anteriormente ameaçadas de morte pelo abusador, e a ‘saudação’, foi tomada pela mulher como uma espécie de ameaça de morte, tanto contra ela como para a sua filha.

Maria Del Carmen, sabia que sua paz havia acabado no momento que ele saiu da prisão, e temendo o que pudesse acontecer, foi até um posto de gasolina próximo, e comprou uma garrafa de combustível.  Maria foi até um bar, onde o homem estava e colocou fogo nele.

Maria foi presa na época. Hoje, 12 anos depois, o juiz resolveu conceder ao pedido de ‘perdão do tribunal’. Ela será libertada antes do natal.

A família do abusador pede ‘justiça’, mas o juiz já concedeu sua liberdade.

<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/mae-queima-e-mata-o-estuprador-de-sua-filha-veja-oque-o-juiz-decidiu/amp/index.html //-->