Veja essa lista de 7 livros para conhecer diferentes culturas do mundo

Afeganistão, Alemanha, Estados Unidos, Índia, México… Quanto você acha que gastaria para conhecer todas essas culturas ao redor do mundo? Fizemos uma lista com livros que permite ao leitor conhecer culturas como essa sem sair de casa e gastando pouco.

A ideia foi a de buscar clássicos e best-seller que acabam tendo como pano de fundo um país ou uma cidade que tem hábitos que podem ser considerados estranhos para leitores de lugares diferentes. Inclusive, há obras nacionais para conhecer outras partes do Brasil, também.

1 – A Cidade do Sol (Afeganistão)

O autor é Khaled Hosseini, o mesmo de Caçador de Pipas. Em Cidade do Sol, ele narra a história de duas mulheres. Mariam tem 33 anos e é entregue a um casamento. Laila tem 1 4anos é filha de um professor muito mais liberal, que a incentivava a ir além do matrimônio.

O pano de fundo acontece no Afeganistão, onde há crenças e uma cultura tida como mais tradicional. Assim, no fim da história, a gente acaba vendo que somos todos iguais, mesmo com tantas diferenças. Poético, não é mesmo?

Inclusive, você também pode ler o Caçador de Pipas, que conta a história de amizade entre Amir e Hassan, no mesmo país que citamos aqui. A narrativa mostra o começo da amizade o resultado dela, 20 anos depois, quando muita coisa mudou na vida dos amigos.

2 – Capitães de Areia (Brasil)

A gente não precisa ir muito longe para conhecer uma cultura diferente da nossa. Se você mora no Sul ou Sudeste, com certeza, vai achar que essa narrativa é de outro país. Mas, não. Ela está logo ali, no Nordeste brasileiro.

Em Capitães de Areia, Jorge Amado conta a vida de um grupo de meninos de rua, sendo que Pedro Bala é o líder do grupo, mas além dele temos o Gato, o Professor, a Dora. É um dos melhores clássicos nacionais que você vai encontrar, sem dúvidas.

Aliás, já que falamos do Jorge Amado, temos ainda Cravo e Canela, que se passa em Ilhéus, na Bahia também. Sem falar do clássico Grande Sertão: Veredas, do João Guimarães Rosa, que conta a história de Riobaldo.

3 – A Menina que roubava Livros (Alemanha)

Um dos principais livros que você poderá ler sobre o nazismo é A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak. A história contada é da Liesel Meminger e se passa entre 1939 e 1943. Ela é deixada pela mãe, que foi perseguida pelo nazismo.

Ainda sobre o tema que marcou o mundo todo na Segunda Guerra Mundial, nós também podemos citar O Menino do Pijama Listrado, que é do John Boyne. O foco está em Berlim, também durante esse momento crítico da história, o Holocausto. É um livro para chorar.

Ainda sobre o Holocausto, temos A Lista de Schindler, de Thomas Keneally. Geralmente, em todas as plataformas digitais, é um livro com nota máxima de pontuação, de tanto sucesso que ele fez. E tanto é que virou filme, eternizado por Steven Spielberg.

O Diário de Anne Frank é outro clássico da literatura que tem como pano de fundo o cenário triste da guerra nazista. Anne conta uma história real, narrada em seu diário, sendo que foi uma das vítimas do holocausto. A publicação é de 1947.

4 – Tomates Verdes Fritos (Estados Unidos)

Se estamos citando livros para conhecer diferentes culturas do mundo, com certeza, essa é uma boa pedida. Ainda mais porque mostra um lado diferente dos Estados Unidos. O livro é da Fannie Flagg e conta a história de duas mulheres que criaram um café remoto no Alabama.

5 – Paixão índia (Índia)

Saindo da América, temos um enredo contado na Índia. Assim, Javier Moro narra Paixão Índia, a história de uma jovem bailarina que se transforma em princesa. O livro é um verdadeiro choque de cultura entre diversos costumes (orientais e ocidentais).

6 – Como Água para Chocolate (México)

Outro dos livros que são ótimos para conhecer as mais variadas culturas que existem no mundo sem ter que sair de casa é o Como Água para Chocolate, da Laura Esquivel. Ela faz uma contextualização entre a revolução mexicana e o realismo latino-americano.

Assim, o enredo é sobre Tita, que nasceu em um rancho e ama Pedro. Ela passa a maior parte do tempo na cozinha e sua vida tem ótima relação com os pratos que ela monta. O romance virou filme, de tão boa que é a história.

7 – Cem anos de Solidão (América Latina)

E para terminar, aquele livro que muita gente acha que é muito complicado. Porém, quem lê até o fim, degustando cada capítulo, discorda ao dizer que é uma excelente obra da literatura. Bom, sobre o país, ele não cita nenhum especificamente.

Mas, de fato, podemos dizer que é como se a história da família Buendía pudesse acontecer em qualquer parte da América Latina.

Ah, e se você acha que falamos pouco da Europa, tudo bem. Hoje mais cedo publicamos um conteúdo falando especialmente desse continente: Leia esses 7 livros de romance para conhecer a Europa de casa.

Onde comprar livros online

Devido a pandemia que estamos passando, muitas livrarias e sebos só estão funcionando online e através de um sistema de delivery ou de entrega. Portanto, essa é a melhor forma de comprar livros hoje em dia.

Além do mais, quase toda cidade tem grupos de pessoas que fazem trocas de livros, economizando ainda mais no dinheiro e aumentando muito no conhecimento. Afinal, esses títulos são apenas alguns de tantos que podem citar culturas das mais variadas.