Lionel Messi foi criticado por uma atitude “deplorável” em relação a Antoine Griezmann

O ex-mentor e agente de Antoine Griezmann criticou o astro do Barcelona, ​​Lionel Messi, por sua “atitude deplorável” para com seu companheiro de equipe francês.

As tensões estão aumentando em Camp Nou, depois que o péssimo início de temporada do Barça os levou ao oitavo lugar na La Liga, com apenas uma vitória em seus últimos cinco jogos.

Messi foi dispensado em sua última partida – em casa contra o Real Betis -, mas saiu do banco para marcar duas vezes na vitória por 5-2, com Griezmann também no placar.

Olhats fala que Messi não recebeu Griezmann bem

A dupla de atacantes foi vista celebrando durante a vitória em Sevilla, mas nem tudo está bem entre eles, segundo Eric Olhats.

O ex-conselheiro de Griezmann afirma que Messi fez o vencedor da Copa do Mundo se sentir mal recebido na Catalunha desde sua transferência de £ 107 milhões do Atlético de Madrid no verão de 2019.

“Antoine chegou a um clube em dificuldades, onde Messi tem visão de tudo”, disse Olhats ao France Football. “Ele é ao mesmo tempo imperador e monarca, e não viu a chegada de Antoine com bons olhos.”

“A atitude dele foi deplorável, ele o fez sentir isso. Sempre ouvi Antoine dizer que Messi não tem problema, mas nunca o contrário.”

Foto: (reprodução/internet)

“A meu ver, Messi disse que queria ir embora no verão passado para ver que papel ele ainda tinha como jogador de decisão, em relação aos jogadores que chegaram e aqueles que saíram, mas ele acabou ficando.”

“O Barcelona está sofrendo há algum tempo. Havia um câncer naquele clube, e obviamente deixou algumas marcas.”

Veja também: Imagens preocupantes de Lionel Messi mostram falta de esforço no jogo do Barcelona contra o Dínamo de Kiev

Fase ruim de Griezmann

Griezmann não tem correspondido ao seu preço desde sua transferência para o Barcelona, ​​mas Olhats insiste que seu cliente não é culpado por sua escassa marca de 17 gols.

Ele acrescentou: “É o clube que está doente, não ele. No ano passado, quando o Antoine chegou, o Messi não falou com ele, não passou a bola. Ele criou um verdadeiro trauma para uma adaptação mais do que negativa.”

“Isso claramente deixou sua marca. Estava claro e visível. Acrescente a isso a renúncia do presidente, o clube sofrendo oito contra o Bayern e três dirigentes diferentes, as condições não são boas.”

Os comentários de Olhats acontecem em um momento de turbulência no Barcelona, ​​com Messi sendo criticado por uma aparente falta de esforço e o técnico da França, Didier Deschamps, alegando que Griezmann está infeliz.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror