PROPAGANDA
PROPAGANDA

Será que o leite integral é melhor que o leite desnatado?

PROPAGANDA

PROPAGANDA

O leite é uma das bebidas mais nutritivas do planeta. É por isso que é essencial na merenda escolar e é uma bebida popular para pessoas de todas as idades. Durante décadas, as orientações nutricionais recomendaram apenas produtos lácteos com baixo teor de gordura para todas as pessoas com idade superior a dois anos. No entanto, nos últimos anos, os cientistas colocaram essa recomendação em questão.

Estudos recentes sugerem que o desnatado pode nem sempre ser a opção mais saudável quando se trata de leite. Existem vários tipos de leite disponíveis no corredor de laticínios da maioria dos supermercados. Eles diferem principalmente em seu teor de gordura. O leite integral é às vezes chamado de “leite normal” porque a quantidade de gordura não foi alterada. O desnatado sofre a remoção de gordura do leite integral. O teor de gordura é medido como uma porcentagem do líquido total, em peso.

Será que o leite integral é melhor que o leite desnatado?

Como a gordura tem mais calorias em peso do que qualquer outro nutriente, o leite com maior teor de gordura tem mais calorias. A vitamina D é outro nutriente que pode variar dependendo do teor de gordura. É uma vitamina solúvel em gordura, portanto, no leite, ela está naturalmente presente apenas na gordura. No entanto, a maioria dos fabricantes de leite adiciona vitamina D, então cada tipo tem um conteúdo similar de vitamina D.

Uma das diferenças nutricionais mais significativas entre as variedades de leite é o conteúdo de ômega-3. Os ácidos graxos ômega-3 têm sido associados a muitos benefícios para saúde, incluindo melhor saúde cardíaca e cerebral e menor risco de câncer. Quanto mais gordura uma xícara de leite tiver, maior o seu conteúdo de ômega 3. Além disso, estudos demonstraram que o leite integral orgânico contém uma quantidade ainda maior de ômega-3 do que o leite integral normal.

Durante anos as orientações nutricionais tem sido para que as pessoas a evitem o leite integral, principalmente devido ao seu teor de gordura saturada. As principais recomendações nutricionais limitam a gordura saturada devido a sua suposta conexão com doenças cardíacas. Alguns estudos mostraram que a gordura saturada aumenta os níveis de colesterol, e os pesquisadores sabem que altos níveis de colesterol estão associados a um risco aumentado de doença cardíaca.

Será que o leite integral é melhor que o leite desnatado?

Com base nessas informações, os especialistas assumiram que a gordura saturada deve aumentar o risco de doenças cardíacas. No entanto, não havia evidências experimentais para provar que isso era verdade. Na década de 1970, uma política pública foi adotada com base nessa suposta conexão entre gordura saturada e doença cardíaca. Como resultado, diretrizes oficiais instruíram as pessoas a reduzir sua ingestão de gordura saturada.

Uma xícara (237 ml) de leite integral contém 4,6 gramas de gordura saturada, o que representa cerca de 20% da quantidade diária recomendada pelas Diretrizes Dietéticas de 2015. Por esse motivo, as diretrizes recomendam consumir apenas leite desnatado. Nos últimos anos, essa recomendação foi questionada. Existem agora muitos dados experimentais que indicam que a ingestão de gordura saturada não causa doenças cardíacas.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.