Lei que proíbe game durante a madrugada?

video-game-addiction2-thumbEsta semana ministério da Igualdade e da Família da Coreia do Sul adotou uma lei que proíbe os adolescentes de jogarem videogame durante a madrugada. Embora essa inciativa não tenha sido aprovada por muita gente e inclusive tem recebido diversas críticas, o governo afirma que “medida e necessária para combater o alto índice de vicio em jogos eletrônicos no país, um dos mais ligados em games no mundo”. 

A tal lei foi apelidada de Cinderela e proíbe todas as pessoas que tenha menos de 16 anos a jogarem games entre 0h e 6h. Por mais que as leis devam ser cumpridas, será bem difícil essa fiscalização, uma vez que o governo não tem acesso aos afazeres domiciliares da população.

1111Os jogos em rede são os mais populares na Coreia do Sul e por solicitarem cadastro e login, o acesso dos adolescentes pode ser impedido durante o “toque de recolher virtual.” E para garantir o cumprimento da lei, a Sony bloqueou o acesso à Playstation Network  e a Microsoft está tentando bloquear o acesso do Xbox Live, lembrando que apenas no horário exigido pelo governo.

Ainda não se sabe se a lei terá o seu objetivo de eliminar o vício em games alcançado, até porque muitas formas de jogar ainda não têm como serem bloqueadas, como por exemplo, os celulares e redes sociais.

AC4B4E9E30774874DE7F4F3098D0C[1]

Como já era de esperar muitos pais, ONGs e desenvolvedoras de jogos estão processando o governo pela ameaça à liberdade que essa lei impõe.  Afinal, games é uma cultura dos Coreanos, inclusive existem “partidas exibidas em canais abertos de TV durante o horário nobre, como se fosse futebol, e alguns jogadores são ídolos nacionais.”

E você, o que acha dessa lei? Acredita que funcionaria no Brasil?

Reaja! Comente!
Topo