Minilua

O Lado Negro: “Normal Porn for Normal People"

O que você lerá a seguir é uma creepypasta, que são lendas modernas difundidas pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?

Para ampliarmos a sensação de suspense inserimos uma trilha para ser tocada acompanhado a leitura. (Não sejam covardes)

Theme

 

Todo o mundo sabe que se você navegar pela internet tempo suficiente, eventualmente encontrará alguma porcaria doentia. E é mais provável de acontecer quando você navega pela “parte obscura” da internet. Eu vi poucas coisas assim, e não ligo de admitir, mas uma coisa que eu sempre me lembrarei é de um site chamado “normalpornfornormalpeople.com”.

A primeira coisa estranha sobre esse site é que eu não consegui achá-lo por meio de sites de busca. Ele fora enviado para mim por alguém que eu não conhecia. No e-mail, estava escrito o seguinte:

“Fala aí cara

Achei esse site muito bom e achei que você iria gostar

normalpornfornormalpeople.com

passe adiante, pelo bem da humanidade”

Belo contexto para começar um e-mail de corrente, porém o link no final realmente atiçou minha curiosidade. Eu estava tento um dia tedioso quando recebi o e-mail, então certifiquei se meu anti vírus estava ligado, e cliquei.

Era um site muito genérico. Dava a impressão de que o criador não havia dado a MINIMA importância em fazê-lo parecer profissional. O autor parecia não dominar o inglês, e na pagina principal havia um longo e entediante texto que eu não me lembro muito bem como era.

O site tinha um slogan estranho (até hoje ninguém parece ter descoberto o significado dele), que era (traduzido):

“Pornografia Normal para Pessoas Normais, Um Site Dedicado a Erradicação da Sexualidade Anormal”.

Quando vi aquilo, não tinha mais certeza se estava prestes a assistir pornografia ou se estava em uma espécie de programa nazista. Mas eu estava lá naquele momento, e estava muito curioso pra saber com o que as “Pessoas Normais” se excitam também. Então desci a página, pulando todo o texto e… nada. A página parecia não ter links pra site nenhum. Estava prestes a fechar o site quando notei que cada palavra no site possuía um link.

Então cliquei em uma delas, e fui direcionado pra uma pagina em branco que continha uma longa lista de links na forma de:

“normalpornfornormalpeople.com/(letras aleatórias)”

Então parei por um minuto e perguntei a mim mesmo se realmente deveria gastar meu tempo clicando em vários links que possivelmente fariam com que meu computador fosse estuprado por um monte de vírus. Pensei em dar uma olhada no site somente durante uns 5 minutos, apenas pra ver se algo aparecia, então quando cliquei nos dois primeiros links, fui enviado pra outra página. Essa pagina parecia ter links diferentes da antiga.

Eu estava quase mandando tudo se foder, quando cliquei no terceiro link e um vídeo começou a baixar. O nome era “peanut.avi”. Ele tinha 30 minutos, era o vídeo de um homem, uma mulher e um cachorro numa cozinha. A mulher fazia um sanduíche de manteiga de amendoim, e o homem o jogava no chão para o cachorro comer. Essa cena se repetiu pelos 29 minutos seguintes. Era óbvio que o câmera tivera de parar de filmar e esperar até o cachorro ficar apto pra comer de novo, e o cachorro ia parecendo cada vez mais cansado no decorrer do vídeo.

Eu sei o que você está pensando: “Que merda isso tem a ver com pornografia?”. Eu nem acredito que eu vi cerca de doze vídeos desse site, e a maioria não continha conteúdo sexual.

Depois de assistir o “peanut. avi”, fui pra um fórum em que assistia a um vídeo online e comentava sobre ele, como eu sempre fazia quando me deparava com merdas estranhas. Mas alguém já havia criado um tópico sobre isso, algum outro cara que recebera o mesmo e-mail que eu. O mural estava cheio de pessoas que não tinham mais nada de útil pra fazer, e então eu fiquei revirando o site, e foi assim que encontrei os outros vídeos.

Mais de uma dúzia de vídeos contendo coisas rotineiras, pessoas falando com o câmera numa sala vazia, exceto por uma mesinha e poucas cadeiras. Quero dizer literalmente nada, nada na parede, nenhum enfeite ou móvel. A sala inteira passava uma sensação de frio, de vazio, dava pra sentir.

As conversas eram papos furados, sobre trabalho, momentos constrangedores na infância, etc. Esperei por algum tipo de discussão sobre o que as pessoas queriam filmando tudo aquilo, ou sobre o que o site dizia, mas é claro, não recebi nada. Ninguém nunca saberia que esses vídeos tinham algo a ver com pornografia, se tivesse os visto fora do contexto… Apenas um detalhe, todas pessoas que apareciam nesses vídeos eram bem atraentes.

No entanto, os outros vídeos que continham algo que poderia ser chamado de “sexual”, era onde as coisas ficavam estranhas.

Darei breves descrições dos vídeos, e se você realmente estiver realmente curioso, pode tentar procurá-los.

lickedclean.avi

Um vídeo de 10 minutos filmado por uma câmera escondida, onde vemos um mecânico trabalhando numa maquina de limpar carros nos primeiros dois minutos. Quando ela estava consertada, o mecânico falou brevemente com o proprietário da maquina e saiu. O dono da maquina checou se o homem realmente tinha saído, e em seguida começa a lamber toda a superfície da maquina. Isso acontece por cerca de 7 minutos.

jimbo.avi

Um vídeo de 5 minutos de um mímico gordo fazendo uma performance. Era engraçadinho, principalmente numa parte onde ele fingia se sentar numa cadeira, e depois finge que a cadeira quebrara com seu peso. Nos últimos trinta segundos de vídeo, o câmera cortou pra estática brevemente, e cortou de volta para o homem gemendo, ainda vestindo a roupa de mímico e maquiagem. Algum tipo de fetiche obscuro?

dianna.avi

Um vídeo de 4 minutos onde o câmera conversa com uma mulher em uma sala diferente da “sala vazia de entrevista”. Essa sala parecia com um verdadeiro cômodo de uma casa. Como de costume, nunca especificam onde estão. Dianna só falava sobre tocar violino. Ela obviamente tocava seu violino, mas frequentemente se distraia com alguma coisa.
Eu não percebi até postarem no fórum, mas no espelho do fundo, você pode ver um homem gordo com uma mascara de galinha se masturbando.

jessica.avi

Outro vídeo de 4 minutos. Dessa vez, o câmera está fora de uma casa, conversando com uma jovem. Eles conversam sobre canoagem. O câmera dá zoom na cidade atrás deles ocasionalmente.
A coisa estranha é que ninguém até agora conseguiu identificar onde essa rua ficava. O fórum era internacional, haviam pessoas da Europa à Austrália, até das Filipinas, mas ninguém fazia ideia de onde essa rua ficava.

tounguetied.avi

Um vídeo de 10 minutos. Os 5 primeiros mostram uma senhora bem velha, vestindo um manequim. O vídeo corta como em “jimbo.avi” bem na metade, e a cena agora é de um grupo de manequins em fila, formando um circulo em volta do câmera. As luzes estavam mais fracas, e não havia sinal da velha senhora. Nesse ponto, não havia mais som.

stumps.avi

Um vídeo de 5 minutos, onde um homem sem pernas está tentando dançar break em um tapete de dança (daqueles jogos de vídeo game). O local se parece com o do vídeo “peanut.avi”, porém muito mais sujo. Tem um rádio escondido tocando uma música no fundo, mas ele para aos 4 minutos de vídeo, quando o homem cai em exaustão no tapete.
Ele respira ofegante, e implora para uma pessoa fora do vídeo para que deixe ele descansar. Essa pessoa se enfurece e grita para que ele continue dançando, e ele o faz. Você escuta a pessoa de fora do vídeo começando a gritar de novo, e o vídeo acaba abruptamente.

privacy.avi

A mulher de “dianna.avi” está se masturbando num colchão na “sala de entrevista”, enquanto o homem de “stumps.avi” anda apoiado em suas mãos em volta dela, vestindo uma espécie de mascara de duende.
A porta desta sala estava sempre fechada nos outros vídeos, mas agora está aberta. A única luz desse vídeo é dessa sala, e o corredor está escuro. Perto do fim do vídeo, você pode ver um animal correndo pela porta de entrada.

E finalmente, o ultimo vídeo que descobrimos:

useless.avi

Neste ultimo vídeo, desta vez de 18 minutos, uma mulher loira de um vídeo anterior está deitada em um colchão na sala de entrevista. Ela tenta gritar, mas sua boca está presa com uma fita adesiva. Depois de 7 minutos, um homem de preto com uma máscara abre a porta, mas não entra.

Ele segura a porta para o animal que estava correndo no vídeo anterior. Aqui, é revelado que o animal era um chimpanzé adulto, com todo seu pelo arrancado, e o corpo inteiro pintado de vermelho. Parecia estar faminto e machucado, com feridas profundas em seus ombros e costas.

Quando o chimpanzé entra na sala, o homem mascarado fecha a porta atrás dele. O chimpanzé cheira o ar (parecia estar cego), e percebe a mulher deitada no colchão. Ele entra em desespero e começa a espancá-la. O ato acontece por 7 agonizantes minutos, até que a mulher finalmente morre. O chimpanzé come a carne de seu cadáver nos 4 minutos seguintes, então o vídeo acaba.

O fórum explodiu de usuários depois que esse vídeo foi descoberto, e as pessoas discutiram isso toda a madrugada. Quando voltei ao mural no outro dia, percebi que todos os tópicos haviam sido deletados. Tentei abrir um novo, mas acabei sendo banido. Tentei mandar um e-mail pra quem me mandou a corrente com o link do site. Cinco mensagens, nenhuma resposta.

Tentei discutir sobre esse site em vários lugares, mas era banido frequentemente O Site fechou três dias depois do ultimo vídeo ser descoberto; acredito que alguém tenha contatado as autoridades sobre isso.

A única prova de que esse site existiu foram algumas fotos tiradas de imagens dos vídeos que o pessoal salvou e colocou na internet via torrents. O mais popular, “useless.avi”, ainda pode ser encontrado em pouquíssimos sites de “violência repugnante” por aí.
Sempre que você tentar colocar algum desses vídeos do “normalpornfornormalpeolpe.com” nos sites de hospedagem, ele será deletado rapidamente, sem explicação.

 

Compartilhe com seus amigos no Twitter e Facebook!

Se quiser me adicionar no Face:

http://www.facebook.com/adrianosaadehminilua