Itália está oferecendo castelos antigos de graça, descubra como você pode obter um

Se você já sonhou em ter seu próprio castelo, agora é a sua chance. A Itália está oferecendo 103 propriedades degradadas, incluindo moradias, pousadas e castelos de graça.

No entanto, existe apenas uma regra. Espera-se que qualquer pessoa que recebe um castelo (ou qualquer outro local dos 103 listados) se comprometa a restaurá-lo para que ele possa ser usado como um destino turístico. A propriedade pode se tornar um hotel, spa, restaurante ou outra coisa que o novo proprietário possa decidir.

“O projeto vai promover e apoiar o desenvolvimento do setor de turismo lento”, disse Roberto Reggi da Agência de Propriedade do Estado ao The Local. “O objetivo é que os edifícios privados e públicos que já não são usados ​​sejam transformados em instalações para peregrinos, andantes, turistas e ciclistas”. As autoridades também esperam que este plano alivie parte das tensões nas áreas mais populares e superlotadas do país ( Como Veneza).

O prazo para apresentação de candidaturas é 26 de Junho. Os candidatos selecionados terão um período inicial de nove anos para trabalharem no seu projeto, com a possibilidade de o prorrogar por mais nove anos depois. Se, no entanto, o seu pedido for negado, não se preocupe – a Itália planeja dar 200 locais da mesma forma nos próximos dois anos.

Mais informaçõesagenziademanio.it

Se você já sonhou em ter seu próprio castelo, agora é sua chance

Créditos da imagem: lianem / 123RF

A Itália está oferecendo 103 propriedades degradadas, incluindo moradias, pousadas e castelos de graça

Créditos da imagem: Andrea Pistolesi / Getty Images

Mas há uma regra

Créditos da imagem: Gennaro Leonardi

A Agência de Propriedade Estatal do país espera que qualquer pessoa que receber um castelo (ou qualquer outro dos 103 locais) se comprometer a restaurá-lo

Créditos da imagem: Luca D’Ambra

A propriedade pode se tornar um hotel, spa, restaurante ou outra coisa, mas isso cabe ao novo proprietário decidir

Créditos da imagem: Stefano Viaggio

“O projeto vai promover e apoiar o desenvolvimento do setor de turismo lento”, disse Roberto Reggi da Agência de Propriedade do Estado

Créditos da imagem: MattC77

“O objetivo é que os edifícios privados e públicos que não são mais usados ​​sejam transformados em instalações para turistas”

Créditos da imagem: Iris van Wolferen

As autoridades também esperam que este plano alivie parte da pressão sobre as áreas mais populares e superlotadas do país (como Veneza)

Créditos da imagem: Iris van Wolferen

O prazo para inscrições é 26 de junho, e se, no entanto, o seu pedido for negado, não se preocupe – a Itália planeja dar 200 locais da mesma forma nos próximos dois anos