Isto é quanto Coronavirus você poderia espalhar sem saber

ANÚNCIO

Mesmo se você é assintomático, veja como é fácil espalhar o COVID-19 em casa e além.

Até agora, todos nós sabemos que, mesmo se não formos sintomáticos do coronavírus, ainda podemos espalhá-lo para outras pessoas.

ANÚNCIO

No entanto, ao mesmo tempo, muitos de nós ainda têm dificuldade em internalizar verdadeiramente a ideia de que de alguma forma não saberíamos se estivéssemos colocando nossos entes queridos em risco.

Acontece que, mesmo sem uma tosse reveladora para espalhar gotículas com facilidade, muitos pacientes assintomáticos estão realmente espalhando coronavírus, contaminando o ambiente por superfícies tocadas – e a taxa de contaminação pode chocá-lo.

Isto é quanto Coronavirus você poderia espalhar sem saber

ANÚNCIO

Um estudo revelou que, de fato, 40% das superfícies nos quartos dos hospitais de pacientes com coronavírus confirmados estavam contaminados com SARS-CoV-2, o agente causador do COVID-19. As superfícies amostradas incluíam maçanetas, interruptores de luz, pias, vasos sanitários, ralos, mesas de cabeceira, roupas de cama e muito mais – todos os itens domésticos comuns que tocamos diariamente.

Com um grupo combinado de sujeitos do estudo que eram sintomáticos e assintomáticos, os pesquisadores descobriram que ambos os subgrupos deixaram vestígios do vírus em superfícies comumente tocadas.

“Em particular, em um quarto individual com um paciente assintomático, quatro locais, incluindo estrado de cama, travesseiro, lençol e saída de exaustão de ar, foram positivos para SARS-CoV-2”, explica o estudo. Isso destaca que os pacientes assintomáticos com COVID-19 podem realmente contaminar o ambiente e colocar seus familiares ou profissionais de saúde em risco de exposição.

Talvez o mais perturbador seja que as salas amostradas que produzem essas altas taxas de contaminação eram frequentemente limpas antes do teste. “Os quartos e banheiros foram limpos e desinfetados por enfermeiros duas vezes ao dia usando uma solução de cloro de 2.000 mg / litro”, observaram os pesquisadores, que recuperaram suas amostras entre quatro e sete horas após a primeira limpeza diária.

Em outras palavras, apesar de uma rigorosa rotina de desinfecção, não demorou muito para que os pacientes – mesmo os assintomáticos – recontaminassem o ambiente.

Ainda assim, o estudo enfatizou a importância da limpeza ambiental regular e da desinfecção de superfícies como uma importante linha de defesa contra o vírus.

Como as autoridades de saúde aconselharam, é aconselhável presumir que você tenha coronavírus e agir em conformidade o tempo todo: mantenha-se a um metro e meio de distância dos demais, use máscaras em público, lave as mãos regularmente e desinfete as superfícies de sua casa pelo menos diariamente – independentemente de como te sentes.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Bestlife

ANÚNCIO