Conheça 3 investimentos em imóveis atuais mais simples que você pode fazer

ANÚNCIO

Atualmente, se você tem 1 ou mais casas alugadas é bem provável que seja visto com alguém bem-sucedido. Porém, isso pode estar te dando mais dor de cabeça do que você imaginava, não é mesmo? Pensando nisso, listamos aqui alguns investimentos em imóveis atuais.

A ideia não é dizer para você deixar um de lado e optar pelo outro. Nem comentar sobre qual é o mais lucrativo. Mas, queremos que você veja que há opções bem diferentes para se investir dinheiro pensando nesse mercado e na valorização dele.

Por exemplo, há quem diga que os imóveis são ótimos para combater a inflação no longo período – e isso é uma ótima ideia para quem quer investir no longo prazo. Também é indicado para quem quer ter uma fonte de renda alternativa.

E até mesmo pensando na segurança, já que um imóvel é um tipo de bem que será seu – diferente de um aluguel, onde você pode ficar sem lar em qualquer momento. Achou interessante? Conheça mais das opções mais viáveis atualmente disponíveis no mercado.

As 3 opções atuais

Abaixo você vai ver um pouco sobre como funciona cada uma das ideias de investimentos em imóveis que você pode fazer hoje em dia. Inclusive, se você não tem dinheiro para comprar uma casa para alugar pode pensar em outras ideias. Com R$ 1 mil já dá para começar.

ANÚNCIO

Saiba mais sobre isso e considere ser o primeiro passo para começar a investir dinheiro em imóveis.

1 – Comprar para alugar

Se você é brasileiro e tem mais do que 25 anos é bem provável que tenha ouvido falar, em algum momento da vida, que comprar imóveis para alugar é uma das melhores formas de se ganhar dinheiro hoje em dia, não é mesmo?

Tanto é que quem tem casas alugadas é considerado alguém bem de vida. Mas, é preciso alguns cuidados porque os tempos mudaram e nem tudo é tão positivo assim na hora de comprar um imóvel pensando em receber os proventos dos alugueis.

O motivo é que hoje tem opções mais simples e que geram menos dores de cabeça – além de você evitar perdas ou problemas durante a sazonalidade. Por exemplo, você precisaria ter um bom imóvel, em uma boa localização, pagar uma imobiliária e ainda tem o risco do calote.

De qualquer forma, podemos dizer que esse ainda é um dos investimentos em imóveis atuais – só que talvez não seja mais o melhor de todos. Por isso, vamos conhecer mais 2 opções que são bem simples e podem ser mais rentáveis para você.

2 – Títulos de crédito imobiliário

A próxima opção é da renda fixa, o que quer dizer que é um ativo seguro e sem muitos riscos. Hoje em dia, o mercado apresenta duas opções voltadas para esse mercado, a Letra de Crédito (LCI) e o Certificado de Recebíveis (CRI).

O primeiro deles é o mais comum e está disponível no banco – portanto, tem a garantia do Fundo Garantidor de Crédito para valores de até R$ 250 mil por pessoa. Já as CRIs podem ter mais rentabilidade, no entanto, são consideradas mais arriscadas porque são de empresas.

De qualquer modo é fácil entender como eles funcionam: no caso da LCI, você tem que procurar qual banco está com esse ativo a venda (as corretoras podem encontrar mais variações porque elas fazem busca em todos os bancos).

Então, você vê as condições e pode comprar um título. Há, por exemplo, ativos que partem dos R$ 1 mil e possuem prazos curtos ou médios. Além disso, tem a vantagem de não terem a cobrança do imposto de renda, nem de cobrança do banco e nem tarifas.

3 – Fundos de investimento

A última alternativa para quem quer considerar os principais investimentos em imóveis atuais tem a ver com os FIIs – que são Fundos de Investimentos Imobiliários. Nesse caso, eles podem ser a melhor opção. Mas, é preciso o cuidado para o fato de que são negociados na Bolsa.

Então, são como papéis de empreendimentos imobiliários, onde um grupo de pessoas investem recursos financeiros em projetos em desenvolvimento. Pode ser para a construção de um shopping, de um edifício, de um empreendimento, etc.

De modo geral, o retorno financeiro acontece através dos valores dos aluguéis recebidos, das vendas dos imóveis, etc. O fato é que é uma forma mais simples de investir dinheiro do que comprando um imóvel para alugar. Porém, isso exige alguns cuidados e muito estudo.

O melhor dos investimentos em imóveis atuais

A gente listou acima 3 dos principais investimentos que se pode fazer em imóveis. E como vimos são opções bem diversificadas. Logo, não o melhor ou o pior. O ideal é que você estude aquele que tem mais a ver com você.

Por exemplo, quem não quer ter trabalho pode optar pelas letras de crédito. Isso é bem simples e fácil de ser feito. Assim, você compra o título e fica tranquilo até o prazo final chegar – quase não se tem dores de cabeça.

investimentos em imóveis atuais

Por outro lado, quem visa maiores ganhos pode pensar nos fundos imobiliários que possibilitam isso. No entanto, isso requer estudo e paciência, já que existe um prazo mais distante para o recebimento dos valores dos juros.

Já os imóveis prontos para morar que podem ser alugados também poderá ser uma boa ideia para você. No entanto, você vai ter que considerar o imóvel, o público, a demanda, o lugar, o valor e tudo isso pode dar mais trabalho do que as outras opções.

ANÚNCIO