Início Utilidade Pública

Aprenda como realizar a inscrição online do Enem 2020 nesse passo a passo

A notícia sobre a realização das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é verdadeira. O que quer dizer que muitos estudantes vão prestar esse vestibular neste ano. Porém, nem todos sabem como realizar a inscrição online do Enem 2020.

E a gente vai listar todos os passos importantes nessa matéria. Até mesmo porque quem vai prestar o Enem pela primeira vez terá que fazer um preenchimento mais completo das etapas e dos formulários. Apesar de simples, o processo exige que todas as etapas sejam concluídas.

Curiosamente, saiba que as inscrições têm prazo final para acontecer, que neste ano é no dia 22 de maio. O começo delas é no mesmo mês, no dia 11. Agora, vamos às etapas da inscrição.

Página do Participante

Antes de tudo você deve acessar a página do participante, que esse ano vai ter o diferencial de apresentar um robô, que será como um assistente pessoal, chamada Nanda. Por exemplo, ela vai indicar o primeiro passo, que é selecionar um objeto – para saber se você não é um robô.

Após isso, considere que você poderá escolher entre as provas tradicionais do Enem ou as provas digitais, que serão aplicadas pela primeira vez em toda história do Exame. Logo, saiba que a data final para a inscrição não muda – para ambas as situações é a mesma: 22 de maio.

Curiosamente, saiba que o Enem Digital será aplicado para 100 mil participantes com um teste para o que pode vir a ser uma forma única de prova nos próximos anos. E só vão poder fazer essa prova, no ambiente virtual, quem concluiu o ensino médio ou vai concluir neste ano.

Dados Pessoais

Em uma próxima etapa da inscrição online do Enem 2020, o candidato deverá enviar todas as suas informações pessoais que são solicitadas. Entre elas, o CPF e a data de nascimento. Nessa hora, quem já fez o pedido da isenção da taxa vai pular algumas etapas do cadastro.

Para quem não fez o pedido, os próximos passos são enviar novas informações, como: sexo, cor, estado civil, nacionalidade, cidade de nascimento, estado, RG, CEP, número e complemento de onde você mora.

Atendimento Especial

A próxima etapa é para quem vai pedir o atendimento pessoal. Nesse caso, tem o especializado e o especifico. Basicamente, o especifico é para gestantes, lactantes, idosos ou estudantes hospitalizados.

Já no caso do especializado, os contemplados serão aqueles que possuem deficiências totais ou parciais, como na visão, física, mental, motora, autismo, déficit de atenção ou qualquer condição especial que tenha um laudo médico comprovado.

Obviamente, para que não quer nenhum dos atendimentos, basta pular a etapa, optando pela resposta “NÃO”. Para quem precisa do atendimento, então, é preciso enviar documentos de comprovação e optando pelas várias formas de auxílio.

Língua Estrangeira

Mais uma das etapas é o envio de dados sobre a prova de língua estrangeira. Nesse caso, você poderá optar pelo inglês ou pelo espanhol, sendo que isso é permitido há bastante tempo pelo Enem. A escolha pode mudar até o prazo final das inscrições.

Nível de Escolaridade

O nível de escolaridade é o próximo dos passos da inscrição online do Enem 2020. Aliás, os especialistas dizem que é preciso ter muita atenção nessa etapa porque os dados não vão poder ser alterados depois da finalização da inscrição.

Então, você terá que indicar se você já terminou o ensino médio ou se ainda está cursando ele. Também terá a opção de dizer se está no supletivo ou no Encceja. E vai ser preciso informar onde você está estudando ou estudou (ensino público ou ensino particular).

No caso dos treineiros (que são estudantes que fazem o Enem apenas como teste), saiba que eles não poderão usar as notas do Enem para se inscrever em programas sociais de incentivo à educação, como o Sisu, o FIES ou o Prouni. E não dá para fazer o Enem Digital como treineiro.

Questionário Socioeconômico

Esse questionário é bem conhecido das pessoas que já fizeram a prova do Enem alguma vez. Geralmente, é a parte que mais leva tempo nesse preenchimento de informações. Ao todo, são 25 perguntas sobre o estudante e a família. E isso inclui questões salariais também.

Esses dados também não poderão ser alterados. Por isso, é imprescindível que se responda todas as questões com bastante atenção.

Login e Senha

Chegando ao final do processo, a sua inscrição não vai terminar se você não criar um login e uma senha para acessar a plataforma no futuro. Aqui também é importante que você insira um número de telefone fixo, número de celular e um endereço de e-mail.

O Inep poderá fazer uso desses canais de comunicação para enviar comunicados ou confirmar senhas. Aliás, sobre a senha, saiba que é muito importante você criar uma que não será esquecida e que tenha letras maiúsculas e minúsculas, além de números.

Boleto de Cobrança

Agora sim, para terminar esse passo a passo de como se inscrever online no Enem 2020, saiba que a última etapa é fazer a impressão do boleto de cobrança – se você é isento, continue lendo que vamos falar mais disso no próximo tópico.

Para o pagamento da taxa, você deverá ter o boleto, que é chamado de Guia de Recolhimento da União. Ele tem um valor de R$ 85 e tem prazo de pagamento final em 28 de maio. Ele pode ser pago em casas lotéricas, internet banking, aplicativo de bancos, Correios, etc.

A recomendação é que se guarde o comprovante do pagamento da taxa, que poderá ser apresentado ao Inep em caso de inconsistências de informações. Para cancelar a sua inscrição, saiba que basta não fazer o pagamento da Guia.

Logo, o contrário também é válido: se você não pagar a Guia de Recolhimento, a sua inscrição online do Enem será cancelada, automaticamente. Por outro lado, se você pagar o boleto e não fazer a prova, saiba que o seu dinheiro não será ressarcido.

O valor da taxa de inscrição

Lembrando ainda que todos os estudantes do 3º ano do ensino médio das escolas públicas que estão no Cadastro Único do Governo e são participantes do Encceja podiam pedir a isenção da taxa de inscrição, que é de R$ 85. No entanto, prazo terminou em 17 de abril.