Incríveis fatos sobre a tinta

Na parede da casa, no seu computador, no caderno, na cama, enfim, tudo a nossa volta tem algum tipo de pintura, por isso a tinta nos acompanha há milhares de anos, sendo algo pouco notado, mas de grande importância. Nessa era de computadores, cada vez mais, os meios digitais vão substituindo a tinta tradicional, porém ela ainda é importante e tem uma história incrível:




Sêmen

black-light-4

Se você tiver coragem e ir a um quarto de motel munido de uma luz negra, vai ver um espetáculo de brilho! O sêmen humano brilha quando é iluminado por luz negra, por isso o MI6, sob o comando de Sir George Mansfield Smith, quis adotar o esperma humano como tinta invisível. A ideia era genial, porque todo o homem teria o líquido a sua disposição em qualquer hora e lugar, podendo, realmente, ajudar o serviço secreto, contudo o que acabou com o grande plano foi o cheiro. Depois que seca, o sêmen tem um cheio de lascar.




A tinta de “ouro”

gold-paint-retoration

Quem tem impressora sofre muito com esse mal, porque um litro da tinta dessas máquinas custa mais caro do que um carro zero. Isso ocorre devido a forma de venda utilizada pelas empresas. Como uma impressora tende a durar muitos e muitos anos, vendê-la não é um dos negócios mais lucrativos do mundo, então melhor lucrar nas tintas! Normalmente, as produtoras de impressoras vendem essas máquinas sem lucro nenhum, esperando ganhar um bom dinheiro com seus cartuchos, transformando um negócio que seria ruim em uma mercado que vale ouro.




O suco e o bandido

Faceless_Man_640x480

Algumas pessoas fazem coisas tão absurdas que temos que pensar: “Será que é louco ou é pura burrice?”

Esse foi o caso de McArthur Wheeler, um cidadão que desejava roubar bancos, mas seus problemas começam muito antes dele conseguir pegar uma arma na mão.

Quando somos crianças, uma das brincadeiras mais clássicas é usar limão como tinta invisível no papel. Basta espremer a fruta, misturar um pouco de água ao suco e escrever no papel branco. Depois, colocando a folha contra a luz, podemos ler o que está escrito, sem problema nenhum.

McArthur Wheeler também fez isso quando era criança e gostou muito da tinta invisível, tanto que jamais esqueceu a brincadeira. Mas então chegou o dia em que ele quis roubar um banco e a memória dos limões voltou a sua mente.

Você deve estar pensando que ele usou a tinta de limão para fazer algo com o dinheiro, roubar informações ou esse tipo de coisa, contudo ele não foi tão esperto assim.

McArthur, com todo sua genialidade, resolveu pintar o rosto com suco de limão, acreditando que ficaria invisível!!! Isso mesmo, o animal, digo o bandido queria dar o golpe do século e roubar um banco sem que jamais pudessem descobrir seu rosto, mas, infelizmente, o limão não o deixou invisível e ele foi preso.

Receba mais em seu e-mail
Topo