Incríveis fatos sobre o amor

O amor é um sentimento incrível, que faz mesmo os mais racionais perderem a cabeça e cometerem algumas loucuras. Isso não acontece atoa, pois o amor mexe com tantas coisas dentro da gente que ele é, na verdade, uma droga poderosa e estranha:




Os animais também amam

lion-love

Na cultura ocidental, nós temos o costume de prezar pela monogamia, onde cada pessoa se relaciona com outra e nada mais. No mundo animal, isso não é diferente, existem diversos seres, como cisnes, lobos, urubus, que passam sua vida com apenas um companheiro, sendo mais fiéis que muitos humanos por aí.




Coração unido

interesting-facts-about-love-5

Uma pesquisa, feita pela UC Davis e conduzida por psicólogos, revelou que casais apaixonados conseguem fazer seus corações baterem na mesma frequência apenas se olhando.




O amor é uma droga

3026477129_c497e3fc68_o

Uma pesquisa, realizada pela Syracuse University e publicada no Journal of Sexual Medicine, mostrou que o amor afeta o cérebro do mesmo modo que a cocaína. Segundo o estudo, a euforia do amor lembra muito a da droga, acendendo 12 pontos importantes no cérebro e criando aquele vício pelo amor.




No mesmo nível

Ugly_1749293c

Quando saímos na rua, costumamos ver pessoas bonitas namorando pessoas bonitas e gente feia, namorando gente feia. Isso não é o acaso e parece ter uma explicação.

A pesquisa, feita por Lindsay Shaw Taylor e mais três companheiros, revelou que as pessoas, mesmo sem querer, acabam buscando parceiros com o mesmo nível de “beleza social”. Ou seja, uma pessoa que é muito desejada, vai acabar namorando alguém que também é assim; já aquela que é considerada feia, acaba namorando alguém do mesmo nível. Claro que sempre existem as exceções, mas no geral a regra se aplica.




Síndrome do coração partido

8395

Aquele papo de “coração partido” após problemas em uma relação pode até parecer mentira, porém é bem real.

Quando sofremos algum tipo de perda que envolve nossas emoções, nosso corpo libera diversos hormônios e substâncias, gerando uma grande pressão emocional, que explode em nosso coração. Dependendo da situação, uma pessoa pode até mesmo morrer de coração partido, pois os efeito disso no corpo é semelhante ao de um infarto.

Receba mais em seu e-mail
Topo