Minilua

O homem mais radioativo do mundo

Quando falamos que um lugar está emanando grandes quantidades de radiação, a reação normal de todas as pessoas é fugir e se afastar o máximo possível, porém um homem no Japão fez exatamente o opostos e por um motivo incrível.

Naoto Matsumura

Muitas pessoas amam os animais, mas são poucas no mundo que seriam capazes de fazer o que Naoto fez.

Depois que a usina de Fukushima teve os problemas iniciais em seus reatores, o governo japonês evacuou todas as cidades em volta do local do acidente para evitar que os cidadãos sofressem com os graves problemas de saúde, que são causados por exposição a radiação.

Mas um homem resolveu voltar para a cidade de Tomioka, apesar dela fazer parte da área de exclusão delimitada pelo governo. Segundo Naoto, ele desejava ficar no local onde sempre viveu por um nobre motivo: Salvar os animais.

Durante a evacuação, a maior parte dos animais ficou para trás, devido aos problemas de transporte e também ao medo da radiação, afinal ninguém queria arriscar sua vida na cidade para salvar uma vaca ou um gato. Sem medo da morte e da radiação, Naoto voltou sozinho e iniciou uma missão nobre e difícil.

Logo que chegou a cidade, Naoto descobriu dezenas de animais abandonados, que iam desde cachorros até cavalos. Em alguns lugares, ele encontrou animais de estimação ainda amarrados, que os donos, no desespero de evacuar a cidade, haviam esquecido. Muito do que ele encontrou por lá foram bichos mortos de fome ou sede. Mas os vivos ele deu um jeito de cuidar.

Além de enfrentar o problema de cuidar de dezenas de animais, Naoto teve que vencer a falta de luz, água e também seu sustento, assim como o dos animais. No início, ele teve que tirar dinheiro de seu bolso para comprar painéis solares e fazer compras longe da cidade, porém, devido a cobertura da mídia, ele começou a receber doações de todo o país, que o ajudam a manter os animais e ele vivos.

Hoje em dia, a radiação na cidade está muito mais baixa do que foi no passado, entretanto, mesmo assim, Naoto é exposto a uma radiação 17 vezes maior do que uma pessoa normal, o que lhe torna o homem mais radioativo do mundo.

Atualmente, Naoto cuida de 30 vacas, vários cachorros e gatos, um cavalo, quatro porcos e até mesmo uma avestruz. Todos esses animais foram pegos por ele logo que chegou a cidade e começou a procurar sobreviventes com seu carro pelas ruas vazias e abandonadas.

Quando perguntado sobre os perigos da radiação, Naoto responde: “Eu vou morrer depois de qualquer jeito, então por que vou me importar?”

Naoto, um exemplo de amor verdadeiro aos animais.

<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/homem-radioativo-mundo/amp/index.html //-->