Minilua

O homem que ficou rico vendendo ‘merda’

Piero Manzoni, um conceituado artista italiano, tinha um sonho: ele queria vender seu cocô a preço de ouro e, por mais inacreditável que pareça, ele conseguiu.

Piero, que nasceu em 1933 e faleceu em 1966, era muito conhecido por inovar em suas obras. Certo dia ele resolveu enlatar suas fezes e vende-las como uma obra de arte, chamada: Merde d'artista (Merda de artista).

Depois de ter criado sua grande obra prima, ele distribuiu as 90 latas com seu cocô por diversas exposições ao redor do mundo e acabou ganhando muitos prêmios por sua criatividade e originalidade.

Até 2007 as latas de merda ainda não haviam atingido as expectativas de Manzoni, que desejava vende-las a preços muito altos, mas nesse ano uma foi vendida pelo incrível valor de 124 mil Euros (mais de 270 mil reais).

Assim Piero Manzoni, mesmo depois de morto, atingiu seu grande objetivo: vendeu sua merda a preço de ouro.