Homem manteve um hambúrguer do McDonald’s por 10 anos!

ANÚNCIO

ANÚNCIO

O que você faria se soubesse que em sua cidade ou em todo o país todas as lojas McDonald’s serão fechadas? O que esse homem da Islândia fez foi comprar um último hambúrguer para guardá-lo como lembrança.

A última loja desta cadeia alimentar fechou as portas em 30 de outubro de 2009 na Islândia. Naquele dia, um homem chamado Hjörtur Smárason teve a ideia de comprar um hambúrguer com batatas e decidiu armazená-lo em um saco plástico em sua garagem.

Homem manteve um hambúrguer do McDonald's por 10 anos!

Smárason ouvira dizer que os hambúrgueres do McDonald’s nunca se decompunham, então além de comprar o último hambúrguer naquele país nórdico, ele queria saber se esse mito era verdade.

Três anos se passaram e esse homem reabriu a sacola onde guardava o hambúrguer e as batatas. Ele ficou surpreso ao ver que nada havia acontecido com o lanche e o levou ao Museu Nacional da Islândia para contar sua história e mantê-lo como uma rara relíquia.

O hambúrguer ficou um ano no museu e não faltaram visitantes que para ver o tal lanche. Mais tarde, um especialista local disse que não tinha o equipamento necessário para mantê-lo por mais tempo. Eles estavam prestes a jogá-lo fora, mas como já era considerado uma peça histórica que dava evidência de que o McDonald’s esteve na Islândia, eles procuraram um novo lar.

Homem manteve um hambúrguer do McDonald's por 10 anos!

Acabou sendo exibido no Bus Hostel, na capital da Islândia, Reykjavík, e se tornou uma atração turística. Eles até colocaram uma câmera de vigilância conectada à Internet para que todos possam ver que ela ainda está lá e que ainda está em boas condições.

Smárason diz que nenhum equipamento especial é realmente necessário porque o hambúrguer parece se conservar. Hoje é uma peça valiosa da história moderna que desafia as leis da putrefação. O que Ronald McDonald colocou nesse hambúrguer?

Como muitos alimentos processados, muitos alimentos do McDonald’s incluem produtos químicos adicionados aos ingredientes para fazê-los durar mais tempo. Esses produtos químicos são chamados de conservantes, que o McDonald’s disse que acrescenta “apenas quando absolutamente necessário, para garantir que os alimentos sejam seguros para comer”.

Homem manteve um hambúrguer do McDonald's por 10 anos!

“Eles serão usados, por exemplo, para impedir que o pão e queijo fiquem mofados e os picles estraguem”. O McDonald’s nos EUA anunciou em setembro de 2018 que seus sete hambúrgueres clássicos vendidos em lojas nos EUA eram livres de conservantes artificiais, com pães e molhos reformulados.