Homem derrama água fervente sobre a esposa depois que ela o acordou com café da manhã na cama

Um marido derramou água fervente em sua esposa depois que ela o acordou com café da manhã na cama, dizem os relatórios.

Ali Ay, 28, supostamente jogou água escaldante em Rukiye Ay, 23, porque ele “não teve permissão para ficar deitado“.

As autoridades afirmam que o incidente ocorreu na casa do casal na cidade de Konya, no centro da Turquia, em 9 de janeiro.

Marido ficou bravo porque mulher o acordou

Ela revelou seus ferimentos horríveis publicamente em sua enfermaria de hospital na Turquia.

Suas costas podem ser vistas vermelhas e em carne viva devido às queimaduras graves.

Ay foi detido sob custódia após indignação pública com a decisão de inicialmente libertá-lo sob fiança.

Os dois estão casados ​​há cinco anos, informou a mídia turca.

Homem derrama água fervente sobre a esposa depois que ela o acordou com café da manhã na cama
Foto: (reprodução/internet)

Falando do hospital onde ela está sendo tratada por seus ferimentos, Rukiye disse que ela trouxe o café da manhã para seu marido na cama, o que deveria ser uma agradável surpresa.

No entanto, quando ela o acordou, ele ficou furioso porque não tinha permissão para se deitar e começou a gritar com ela, afirmou ela.

Ela disse: “Eu preparei tudo e depois fui dizer ao meu marido que ele tomava o café da manhã na cama.”

Ele ficou bravo e exigiu saber por que eu o acordei, e me disse para não incomodá-lo, então comecei a tomar café com minha filha.”

“Ele veio ainda de mau humor e me disse que iria se divorciar de mim e obter a custódia de nossa filha, não importava o que eu fizesse.”

Ela acrescentou: “Ele então derramou água fervente no meu pescoço. Ele ia jogar na minha cara, mas eu me afastei.”

Homem derrama água fervente sobre a esposa depois que ela o acordou com café da manhã na cama
Foto: (reprodução/internet)

Homem foi detido novamente

“Eu queria fugir, mas desmaiei de dor. Quando acordei, pude ouvir minha filha gritando e então o senti agarrar meu cabelo e me arrastar para o banheiro.”

Ela disse que o som da filha chorando lhe deu forças extras.

Veja também: Policial forçado a atirar em seu próprio cão policial na cena do crime

Sob pressão pública, o suspeito foi detido novamente por ordem do Ministério Público após uma reclamação do advogado de Rukiye.

Ele enfrenta acusações de lesão corporal grave agravada e atualmente ainda está sob custódia.
Traduzido e adaptado por equipe Minilua 

Fontes: Mirror e The Sun