A história do mundo em 10 batalhas #7

Queira ou não, o homem é um animal feroz e violento, que ama mostrar seu poder através da força. No passado, o mais poderoso exército era sinônimo de poder e riqueza, por isso toda nação tinha um vasto poderio bélico. Essas forças de guerra moldaram o mundo e algumas grandes batalhas foram de extrema importância para a história, pois se tivessem tido resultados diferentes, o mundo que hoje conhecemos poderia ser muito distinto.




O Dia D

operation-overlord

O ano era 1944 e a Alemanha dominava toda a Europa. Os Aliados, para ganhar terreno, precisavam colocar mais homens em campo, mas o domínio litorâneo dos nazistas tornava essa missão quase impossível. Além disso, os russos ganhavam espaço na frente oriental, o que poderia dar o domínio total do Velho Continente aos comunistas. Em um ato de coragem e desespero, a maior missão militar de todos os tempos foi montada e executada pelos Aliados, com o objetivo de derrubar o Império Nazista e barrar o avanço do Exército Vermelho.

Mas uma missão desse porte, envolvendo milhões de homens invadindo uma praia sem nenhuma proteção, precisaria que diversos mecanismos de ocultação, mentiras e espionagem funcionassem perfeitamente. Além disso, todo o ataque precisava ser feito em poucas horas, para que a surpresa ficasse ao lado dos invasores. Uma carta interceptada ou uma conversa de bar errada poderia por tudo a baixo. Por isso, além de treinar centena de milhares de homens para a invasão, os Aliados precisam enganar os nazistas em um golpe de contraespionagem tão grande quanto o ataque em si.

As primeiras ideias para a missão começaram em janeiro de 1943, mas somente em agosto que o plano ganhou sua forma inicial. As diretrizes foram apresentadas em uma reunião dos líderes Aliados em Quebec e o documento deu o nome “Operação Overlord” a missão.

Em dezembro de 1943, Dwight Eisenhower foi nomeado como Comandante da Força Expedicionária Aliada, com a missão de levar a cabo a Operação Overlord o mais rápido possível. Mas apesar da previsão inicial da missão ter maio como sendo o mês do ataque, um atraso na construção das canoas de invasão adiou tudo. 

Enquanto os Aliados se preparavam para o ataque, os Nazistas captavam todas as informações que conseguiam para se defender da invasão. Para deter a Operação Overlord, Rommel, comandante do exército nazista, criou a “Muralha do Atlântico”, porém, devido a grande desinformação espalhada pelos contraespiões aliados, os nazistas jamais souberam a data exata do ataque e nem onde ele teria mais força. Por isso, a principal força alemão foi deslocada para Calais, mais ao norte da França, enquanto os americanos pretendiam lançar a maior força na Normandia, mais ao sul.

uzzgg

Um dos movimentos Aliados que mais confundiu os Nazistas foi a Operação Fortitude, uma grande dissimulação. Essa missão pretendia apenas enganar os alemães quanto a data e ao local do ataque. Para isso, os americanos criaram aeroportos fictícios, usaram bonecos de pano e barcos de madeira para fingir um ataque pelo norte. Além disso, diversas informações foram passadas por espiões de maneira errônea, para dar ainda mais crédito a dissimulação visual. A Missão de enganação foi tão bem montada, que ela possuía um grande General em seu comando e réplicas de plástico dos principais armamentos americanos foram criadas apenas para ela.

A missão começou no dia 6 de junho de 1944 a meia-noite e quinze, quando os paraquedistas foram lançados no escuro da noite para atacar as tropas alemães, que protegiam a praia, pela retaguarda. Muitos bombardeios também foram lançados a noite.

Nas primeiras horas da manhã, o desembarque de verdade teve início. 155 mil homens, entre americanos, canadenses, britânicos e franceses iniciaram a invasão, que contou com 14 mil barcos, 600 navios e milhares de aviões dando suporte.

Os barcos iam o mais próximo possível da areia, onde os soldados pulavam na água com todo seu equipamento e precisavam ir até a praia, sob fogo inimigo vindo de trincheiras. 

Approaching_Omaha

A invasão ficou dividida em cinco setores diferentes, cada um sendo chamado como uma praia. A pior parte do ataque ficou para a Praia Omaha, onde alemães possuíam uma defesa forte. O local estava cheio de minas, estrelas de aço e os bunkers nazista possuíam diversas armas defensivas de alto calibre. Antes que as posições alemãs tivessem sido tomadas, mais de dois mil soldados americanos sucumbiram, um número enorme se comparado as baixas dos outros setores de invasão.

NormandySupply_edit

Antes do final da manhã do Dia D, os aliados eram donos das praias francesas e a sequência da missão Overlord, que durou 2 meses, deu a França de volta aos franceses e possibilitou que os Aliados invadissem a Alemanha e vencessem a guerra. Sem esta invasão, os russos poderiam ter tomado toda a Europa para si, o que resultaria em mais uma guerra ou os alemães poderiam ter revertido o resultado. 

Até hoje a Operação Overlord, que ao seu final desembarcou 3 milhões de soldados na Europa, é a maior invasão marítima da história da humanidade. E uma das missões militares mais bem executadas de todos os tempos, se lavado em conta seu tamanho e complexidade.

Receba mais em seu e-mail
Topo