Hábitos que deixamos para trás

O que seu pai ou seu avô diz quando você faz algo meio… Relaxado? Provavelmente ele diz: “Na minha época não era assim! Se meu pai visse isso ele já pegava a cinta!” Claro que essa é uma situação em particular, mas que com certeza ficou pra lá dos anos 1990. Além disso, não foram poucas coisas que mudaram, foram muitas! E aqui nós selecionamos as melhores delas para você saber como era e dar graças por isso ter mudado e ser do jeito que é atualmente.

Confira:




Só acessar certos conteúdos com 18 anos

revista-playboy-06

Isso realmente ficou para trás, mas é verdade que antigamente os garotos precisavam ter no mínimo 18 anos para acessarem conteúdos sexuais. Hoje, com a internet, tudo ficou mais fácil…




Esperar para revelar as fotos

como-fazer-um-quarto-para-revelar-fotos-1

Quem se lembra da época que tínhamos que esperar horas para revelar nossas fotografias? Pois bem, agora você faz em questão de segundos.




Usar telefone público

Saiba-Como-Solicitar-um-Telefone-Público

Nem sei quando foi a última vez que usei um telefone público e você? Com o uso do celular, acredito que eles não têm mais muita utilidade.




Capacidade do disco rígido

2-54ff9c850a

Não reclamem quando seu pen drive de 16 GB não é suficiente para guardar todos os seus arquivos, até porque um pen drive desses já nem é mais um artigo raro, mas quando ainda havia usuários usando um Windows 95 por aí, ter um HD que chegasse 80 MB – eh isso mesmo, MEGABYTES – era considerado um artigo muito luxuoso.




Privacidade

ter098

Acho que alguém lendo este post pode achar que tem privacidade, mas com certeza não é total. Claro, cada um cuida de sua própria vida e por aí vai, mas basta você ter uma rede social – coisa que grande parte das pessoas tem – que já vem gente xeretar em sua vida. Mesmo assim, caso você não tenha um perfil, vá para a rua, olhe para o céu e dê um tchauzinho e um sorriso, o Google está te vendo (e outros satélites também).




Videocassete

video-cassete-sharp-vc-1799-stereo-hi-fi-6-head_MLB-F-3403966904_112012

Lê-se “videocassete” para quem não conhece xD. A VHS, como era chamada a fita, dava um trabalho enorme: tinha de ser rebobinada antes de devolver à locadora, tinha de se ajustar o tracking para se ter uma imagem melhor… Hoje, para voltar ao começo de um DVD, basta fechá-lo ou terminar o filme, e a qualidade ainda independe da fita. Ainda existem alguns desses aparelhos por aí, mas com certeza já foram deixados lá no passado.




Escutar música no Micro System

3413_Ampliada

Hoje não precisamos mais, mas já imaginou andar pela rua com um aparelho de som que era do tamanho do seu tórax? Pois bem, essa era a moda nos anos 1980. O que temos atualmente são aparelhos bem menores que possuem um som – não sei se tão alto – mas que é de muita melhor qualidade. Podemos até comparar o pessoal que os usava com os “funkeiros” que andam sem fone por aí…




Monitor e televisões de tubo

15inch_Normal_Crt_Monitor

Ainda existem alguns sendo usados por aí, mas agora a maioria é plano e fino, como os que temos em casa. Para quem não os conhece, imaginem um monitor ou uma televisão que tenha a tela e mais uns 25 cm de equipamentos atrás dela, tudo isso para gerar uma imagem com uma qualidade não tão boa quanto o de um LCD.




DOS

ms-dos-logo

Quem aí já ouvir no DOS? Esse era um sistema operacional que vinha junto dos primeiros computadores, existiam vários tipos, e servia para acessar programas e tudo o mais antes do Microsoft Windows surgir, era como o Windows Explorer do computador, mas em uma tela branca em que você tinha de digitar para entrar em um programa ou jogo.




Telefone com disco giratório

telefone-antigo-verde

Sem dúvida você encontrará um na casa de seus avós. Pense em um telefone grande com um disco no meio. Um fato interessante é que o termo discar vem justamente desse tipo de telefone.




Máquina de escrever

typewriter

Antes da digitação, havia a datilografia. Eram aquelas máquinas grandes que precisávamos colocar um papel e voltar o rolo para o começo quando chegássemos ao final de um parágrafo. Existia até um curso e uma profissão para isso. O datilografo não podia errar uma letra do documento ou senão o papel era perdido, além disso, eles eram muito rápidos no que faziam. Hoje, esse cargo não mais é útil, todo mundo sabe digitar. Sabiam que o disposição das letras no teclado deriva da maquina de escrever?




Sente saudades de algum desses itens?

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

Receba mais em seu e-mail
Topo