Gwyneth Paltrow diz que ‘chefe rude’, Harvey Weinstein, tirou o brilho da atuação

Gwyneth Paltrow revelou que trabalhar com o envergonhado magnata Harvey Weinstein “tirou o brilho” para ela.

Chamando o ex-presidente da Miramax de “chefe realmente rude”, ela explicou que tinha apenas vinte e poucos anos quando percebeu que não “amava atuar tanto quanto parece”.

Paltrow acusou publicamente Weinstein de assediá-la sexualmente em um quarto de hotel quando ela tinha apenas 22 anos, conforme relatado pelo The New York Times em 2017.

Atriz começou a questionar se era atuar que realmente a fazia feliz

Em um episódio da SiriusXM de quarentena com Bruce show, lançado em 8 de dezembro, a atriz falou sobre sua decisão de quase aposentar de sua carreira como atriz.

“Eu acho que quando você acerta o alvo, quando você tem 26 anos e é uma pessoa movida por métricas que, francamente, não adora atuar tanto quanto parece”, explicou ela, referindo-se a seu ‘Melhor atriz que ganhou o Oscar por seu papel em Shakespeare in Love (1998)’.

“Eu meio que senti, bem, agora quem eu deveria ser? Tipo, o que eu sou, para onde estou indo?”

Gwyneth
Foto: (reprodução/internet)

Falta de privacidade

Gwyneth disse que parte do problema era o “intenso escrutínio público” do estrelato.

Sou uma pessoa caseira, você me conhece, gosto de estar com meus velhos amigos, cozinhar e apertar meus filhos. Não quero ficar sozinha em um quarto de hotel em Budapeste por seis semanas. Não é só quem eu sou.”

Somado a isso, estava seu relacionamento de trabalho com Weinstein, com quem ela também trabalhou em seu filme Emma, ​​de 1996.

Gwyneth;  Weinstein
Foto: (reprodução/internet)

“Se você combinar essas coisas com o fato de que, tipo, você sabe, para ser totalmente sincero, eu tive um chefe muito duro durante a maior parte da minha carreira no cinema na Miramax.”

“Então você pega todas essas coisas e fica tipo, ‘Não sei se esta é realmente a minha vocação‘.”

Veja também: Gwyneth Paltrow posa para fotos raras de família com crianças parecidas com Apple e Moses

Carreira pausada

Agora com 45 anos, Gwyneth, sediada em Los Angeles, praticamente arquivou sua carreira como atriz para lançar uma marca de estilo de vida extremamente bem-sucedida e descaradamente luxuosa, Goop.

gwyneth paltrow chefe áspero harvey weinstein
Foto: (reprodução/internet)

Ela é mãe de Apple, 16, e o filho Moses, 14, com o ex-marido estrela do rock Chris Martin e é casada com o produtor Brad Falchuck.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fontes: Mirror e Elle