Os grandes segredos da Lua

A Lua encanta e deslumbra os humanos. A fascinação é tanta que um dos maiores esforços feitos por nossa raça foi o de criar uma nave capaz de levar-nos até ela. Esse lugar, que está tão perto e ao mesmo tempo tão longe, é cheio de segredos:




Irmã da Terra

PhasesofMoon

Nós já falamos que a Lua pode ter surgido de um impacto com a Terra – Como surgiu nossa Lua? -, mas pode ser que haja outro “laço de sangue” entre esses corpos celestiais.

Apesar de parecer que a Lua orbita a Terra, isso não é verdade. Por ter uma massa grande para uma lua comum, nosso satélite pode ser considerado um planeta, pois a Terra e ele orbitam um ao outro.

Em vez da Lua simplesmente ficar dando voltas, como as luas de outros planetas do sistema solar, ela e a Terra “dançam” em volta de um ponto chamado baricentro. O interessante é que esse ponto, por coincidência, fica no interior da Terra, por isso a impressão de que o satélite natural orbita a gente, quando, na verdade, nós também orbitamos ele.




Lixão

image-45577-panoV9-yqre

Uma das marcas mais fortes da humanidade moderna é o lixo e nem a Lua escapou dele. Segundo alguns levantamentos, existem mais de 180 toneladas de porcarias deixadas pelo homem em nosso satélite natural.

Claro que esse lixo não é um pacote de bala ou sacolas plásticas, eles são naves, veículos e outras coisas. Existe na Lua, até mesmo, um pouco de coco, deixado pelos astronautas americanos.




Sombras lunares

tycho-crater-moon-shadows

Quando os primeiros astronautas colocaram os pés na Lua, eles notaram que as sombras, por lá, são bem estranhas. Qualquer coisa que não esteja sendo tocada diretamente pela luz do Sol se transforma em um breu intransponível, como se fosse uma caverna fechada.

Outro fenômeno estranho relatado é que as sombras dos astronautas, as vezes, parecem brilhar, mas isso é uma ilusão criada pela luz do Sol.

As sombras na Lua são tão fortes, que, em algumas ocasiões, os astronautas não conseguiam fazer consertos na nave, pois suas próprias mãos criavam sombras que atrapalhavam na operação das ferramentas.




Poeira Lunar

moondust1

A Lua é um local poeirento, mas a poeira de lá é bem diferente daqui. Primeiro que a Lua cheira a pólvora, segundo que a composição da “terra” é extremamente perigosa. Os astronautas que estiveram por lá quase sofreram acidentes sérios por causa disso.

Pela gravidade ser muito pequena, a poeira está sempre voando e grudando em tudo, mas por ser fina, ela acaba corroendo as coisas. Alguns astronautas tiveram suas botas totalmente destruídas pela poeira e há relatos de viseiras que foram corroídas quase completamente.

Agora dá para entender melhor porque visitar a Lua é bem complicado.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Reaja! Comente!
    Topo