Gato enfrenta 7 pitbulls, nocauteia 5, manda dona para o hospital e sai ileso

O caso aconteceu em Victoria, no Canadá, um gato simplesmente atacou 7 pitbulls e sua dona, nocauteando 5 deles, mandando a dona para o hospital e ainda - pasmem - saiu ileso.

Os cães estavam junto de Javiera Rodriguez e Kyla Grover, os fundadores do BC Pitbull de Victoria, um grupo de proprietários de pitbulls que organiza caminhadas semanais.

Durante um dos passeios rotineiros, havia uma mulher praticando jardinagem, foi aí que elas perceberam um gato rasgando os arbustos e atacando Bandida, uma das pitbulls do grupo.

“A senhora começou a gritar, ‘Tire seus cães! Peguem seus cães!’ e nós retrucamos, ‘Pegue seu gato! Pegue o seu gato!’”, Disse Rodriguez.

O curioso é que Bandida não atacou o gato, apenas se defendeu jogando-o no chão, até mesmo depois de ter seu rosto arranhado, ela não revidou, e nem os outros. Grover acabou se ferindo também, foi alvo de mordidas e arranhões, quando tentava separar os animais.

Mas Grover não ficou brava com o ocorrido, como ela disse: “Eu sei que se ela fosse ferir ou matar esse gato, ela seria considerada perigosa e sacrificada por causa de sua raça”.

O gato foi levado para dentro da casa do proprietário, e Rodriguez ainda perguntou ao dono do gato: ‘O seu gato está bem’, e ele disse: ‘Sim, não há um arranhão no gato”. Para Rodriguez, a conta para tratar dos arranhões apenas de Bandida ficou em US$222, ela ficou com medo de que Bandida perde-se um olho e que os arranhões fossem profundos, mas, felizmente, foram apenas superficiais.

Rodriguez retornou aos donos do gato no dia seguinte, que pagaram a conta do veterinário, mas o que ela realmente quer é uma lei para tratar animais agressivos de forma justa; ela ligou para a cidade e descobriu que, embora existam estatutos para cães agressivos, não há nada para gatos.

Eu não quero que nada aconteça com o gato, eu não quero que ele seja colocado para baixo, eu não quero uma proibição aos gatos mas eu não quero que o que aconteceu com nossos cães aconteça com outras pessoas”.

“Quando os proprietários têm um cão agressivo, eles têm que colocar um sinal em sua coleira em todos os momentos. Eu não entendo por que não é o mesmo para os gatos”.

Depois do ataque, bandida têm brincado menos, tornou-se carente e raramente sai do lado de Rodriguez.

Grover ainda diz: “É só um bom exemplo de que eles são suaves, eles são como qualquer outra raça de cão. Eu conheço um monte de outros cães pequenos que teriam matado o gato”, referindo-se ao fato de os pitbulls serem considerados uma raça agressiva.

Rodriguez ainda completa: Honestamente, todos os preconceitos contra os pitbulls estão simplesmente errados, é tudo sobre os proprietários, como você cuida de seus cães e o relacionamento que você tem com eles”.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/gato-enfrenta-7-pitbulls-nocauteia-5-manda-dona-para-o-hospital-e-sai-ileso/index.html //-->