Ganhe dinheiro trabalhando com brechó: saiba como montar seu próprio negócio

Os brechós são uma tendência em um mundo que têm se falado cada mais em sustentabilidade. Para quê comprar uma roupa nova mais cara em uma loja se podemos encontrar um peça muito parecida sendo vendida em um brechó por um preço super acessível?

Com o crescimento das redes sociais, essa prática tem se tornado ainda mais comum porque fica fácil saber quais são as peças que estão disponíveis através das fotos que são disponibilizadas na rede. Sem falar na quantidade de pessoas que terão acesso ao produto que você está vendendo.

Trata-se de uma alternativa surpreendente para quem está desempregado ou quer adquirir uma renda extra. Os brechós são sim o negócio do futuro e é sobre esse modelo de empreendimento que vamos falar aqui. 

brechó
Fonte: reprodução/internet

Saiba mais sobre como montar o seu próprio negócio trabalhando com brechó e ganhe um dinheirinho a mais. Ficou curioso? Não perca a continuação do nosso conteúdo.

Porque trabalhar com brechó?

Para te inspirar a iniciar o seu próprio negócio, nós vamos indicar aqui uma série da Netflix chamada Girlboss. Essa série conta a história de uma menina que, assim como muitas jovens, tinha dificuldades em encontrar um emprego que se encaixasse no seu perfil. 

ANÚNCIO

Daí ela descobre um talento nato para identificar peças de roupas em brechós mais populares que poderiam render um bom dinheiro na internet. Para que você tenha uma ideia, ela inicia o seu negócio comprando uma jaqueta por um preço bem baratinho e em seguida vende por um preço bem bacana na internet.

Sabemos que cada pessoa tem a sua realidade, mas o fato é que a garota de Girlboss cresce e consegue criar a sua própria loja virtual, tornando-se uma das primeiras pessoas a lucrar com esse tipo de negócio.

brechó
Fonte: reprodução/internet

Sabemos que empreender não é uma tarefa fácil. É necessário ter persistência e saber exatamente onde se quer chegar. Para tudo existe um começo e se você possui poucas peças e não sabe como começar a fazer com que o seu negócio cresça, nós vamos te dar algumas dicas.

Como montar o meu próprio brechó?

  1. Defina como será o seu negócio. Você irá vender de maneira online ou montar algum espaço físico para vender as suas peças? O ideal é que você escolha qual será a melhor opção para você. 
  2. Pense na divulgação dos seus produtos. Muitas pessoas não gostam de comprar em brechó porque as roupas ficam muito tempo acumuladas nos lugares em que são vendidas e perdem a qualidade. A divulgação ajuda a evitar esse tipo de situação porque você não ficará com nem um produto acumulado sem render dinheiro. 
  3. Faça todos os registros necessários para ter o controle do seu negócio. Um dos pontos mais importantes para quem deseja montar o seu próprio negócio é ter o controle financeiro e de estoque. Saiba se você vai comprar roupas para revender ou se vai utilizar peças que já tem e saiba as saídas e as entradas do seu negócio. 

Quem compra em brechó procura o que?

Nós vamos elencar aqui algumas das características que são procuradas por quem compra em brechó. São dicas para que você possa investir nessas características e alcançar um maior número de clientes

Procure por peças exclusivas

Algumas peças são raras e não importa se são usadas ou não, vai ter pessoas interessada no produto. É nesse tipo de peça que você precisa investir. Aposte nas peças vintage que estejam conservadas. Esse tipo de produto é bastante valorizado. 

Qualidade dos produtos

Muitas pessoas têm aquela visão de que brechó só tem roupas sujas e fedendo a mofo. Evite essa máxima no seu negócio. Cuide das peças porque, dessa forma, você estará valorizando o seu produto e agregando mais valor. 

Preço

Faça uma pesquisa de mercado para entender se a peça está tendo muita procura para poder determinar o valor. Não dá para se entusiasmar e cobrar um preço muito alto em uma peça usada. Certo? Faça uma pesquisa e procure cobrar preços justos

Como faço para vender as minhas peças na internet?

Caso essa seja a sua opção, nós vamos dar aqui algumas dicas de plataformas que auxiliam nesse processo. São duas plataformas muito utilizadas por quem escolhe esse tipo de negócio e você poderá escolher uma ou utilizar as duas. 

1. Site Enjoei. Para começar a vender neste site, basta se inscrever acrescentando algumas informações e pessoais. A partir de então você poderá montar a sua lojinha online, enviando fotos das suas peças para que as pessoas possam escolher e comprar diretamente na plataforma. 

O site cobra uma taxa de serviço que pode variar. Se o produto for de até R$100 reais a taxa de comissão para o site é de 18,5%, se o produto custar a partir de R$ 101 reais a taxa é de 20% de comissão . É uma boa pedida porque o site já é bem conhecido então você não terá muito trabalho para atrair clientes, eles já fazem isso por você. 

2. Instagram. Para quem não sabe o Instagram é uma rede social voltada para fazer a interação das pessoas por meio de fotos. O bacana é que ele é uma plataforma gratuita, no entanto você terá o trabalho de atrair pessoas para a sua página para que elas possam visualizar os seus produtos e comprar.

ANÚNCIO