Minilua

Games baseados em histórias reais: Sunset Riders #6

Continuando a série “Games baseados em histórias reais”, hoje falaremos sobre Sunset Riders, um joguinho que ficou bastante famoso no Super Nintendo e que até hoje conta com milhares de fãs. Lembrando, que o game, embora seja fictício e com personagens fantasiosos, possui sim a sua base de realidade.

Criado em 1991, pela Konami, Sunset Riders inicialmente era produzido para rodar no Arcade, ou seja, nas máquinas de fliperama. Com o sucesso do game, o mesmo acabou chegando para Mega Drive e Super Nintendo em 1992 e 1993 respectivamente.

Em Sunset Riders, o jogador percorria todo o Velho Oeste dos Estados Unidos em busca de criminosos e suas recompensas. Na pele de Steve, Billy, Bob ou Cormano, o desafio era enfrentar os perigos e alcançar os chefões de cada fase.

O primeiro fato baseado em realidade é o caminho percorrido pelos nossos heróis, poucas pessoas sabem, mas os locais onde acontecem casa fase não são aleatórios. Existe um caminho a ser percorrido.

Na primeira fase o jogador está na costa oeste do país e após percorrer toda a faixa territorial dos Estados Unidos, acaba enfrentando o último chefe na costa leste da terra do Tio Sam. Essa sequência se deve pelo o fato de que no Velho Oeste, muitos bandidos e caçadores de recompensa faziam esse trajeto.

O bandidos praticavam os crimes e roubos na costa oeste e fugiam, enquanto os caçadores de recompensa os seguiam a fim de prendê-los ou então eliminá-los de forma definitiva.

A composição dos bandidos de cada fase também possui seu lado real, visto que os rivais possuem algum tipo de relação com os mafiosos que eram encontrados na época do Velho Oeste.

Embora esses criminosos não sejam o remake de algum bandido famoso, os mesmos fazem alusão aos ladrões e assassinos da época. Os cenários, as armas e as roupas também são baseadas na história.

Para concluir, é importante ressaltar que Sunset Rider é um dos jogos que mais marcou a infância de milhares de pessoas. Quem nunca passou horas tentando derrotar o primeiro chefe na casa de dois andares atrás dos barris, o segundo chefe que se esconde atrás das caixas e que no fim vem para o confronto direto, o terceiro chefe que usa armadura e monta um cavalo blindado, o quarto chefe que na verdade são dois irmãos dentro de um cabaré lançando fogo e bombas, o quinto chefe que é um mexicano (rival do Cormano) com um chicote, o sexto chefe que é um chefe indígena que ataca e se defende com facas, o sétimo chefe que é um guerrilheiro que fica acima de um portão do forte militar com uma metralhadora e o oitavo chefe que é um inglês bastante ágil, atira atrás de um palácio e possui um colete a prova de balas.

Se você gostou do artigo, clique em Curtir!