Formas que a religião levou aos maus tratos aos animais #3

Maus tratos aos animais é considerado uma das mais baixas e mais cruéis coisas que qualquer ser humano pode fazer. Em alguns casos, a religião e a superstição têm desempenhado um papel central em conduzir a humanidade para causar um grande dano a criaturas indefesas grandes e pequenas.

Aviso: Esta postagem contém fotos que podem ser perturbadoras para alguns leitores.




Comer e maltratar cachorros

dog

Os Igorotes, um povo indígena das montanhas do norte das Filipinas, acreditam que os cães são guardiões espirituais com características místicas. Acredita-se que os dentes do cão protegem de picadas de cobra e até mesmo raios. Estes dentes, imbuídos de propriedades mágicas, são tipicamente usados como um colar. Da mesma forma, Igorotes tem tatuagens de cães, a fim de chamar a agilidade e o poder dos caninos.

Além disso, Igorotes ocasionalmente comem carne de cachorro durante os seus rituais de cura. Isto é feito muito raramente e é reservado apenas para as ocasiões mais especiais

Apesar de o consumo de carne de cachorro ser uma prática muito rara deles, a cidade queria vender os Igorotes como uma tribo “selvagem” com um apetite voraz por vira-lata. A tribo se vendeu, porque enquanto suas crenças são fortes, o fascínio do dinheiro foi ainda mais forte. A cidade deu-lhes uma “ampla” oferta de 20 cães por semana para esquartejar e comer no palco. Mais tarde, este número cresceu exponencialmente devido à popularidade do espetáculo. A caça ilegal de cães nas proximidades da cidade tornou-se tão desenfreada que os moradores realmente tinham medo e deixavam seus cães em casa com medo de que o pior aconteça.




Aye-aye e seu “dedo do mal”

ayeaye

O aye-aye é uma pequena criatura encontrada em Madagascar, um mamífero inofensivo que o povo de Madagascar fez entrar em ameaça de extinção. Isso é quase inteiramente devido a uma coisa: o seu longo dedo médio. Esta é uma ferramenta evolutiva utilizada para arrebatar insetos dentro de cascas de árvores e galhos, mas nativos supersticiosos e paranóicos não veem dessa forma. O povo da região acredita que o aye-aye apontando seu dedo médio em direção a um ser humano significa morte certa. Eles acreditam que essas criaturas vao rastejar até suas casas à noite e usar esses dedos longos e pontudos para apunhalá-los no coração.

Que melhor maneira de impedir que isso aconteça do que matar o aye-aye? Se um nativo vê um aye-aye vindo em direção a eles, o que é muito provável que aconteça como o animal é simpático e curioso por natureza, eles são propensos a cumprimentar a criatura com um tiro ou dois, matando-o no local. Enquanto o aye-aye provavelmente não usa o seu dedo do meio para comunicar o seu desagrado para com os humanos, ele provavelmente deve começar a fazê-lo.

Receba mais em seu e-mail
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/formas-que-religiao-levou-maus-tratos-animais-3/index.html //-->