O Santander tem um financiamento estudantil para o curso de medicina – conheça-o

Para aquelas pessoas que não possuem todos os recursos financeiros necessários para cursar a faculdade de medicina, saiba que existem alternativas, como os financiamentos. Um dos mais conhecidos é o do Santander, que é focado nesse curso, que é o mais disputado do país.

Esse tema é importante porque ao mesmo tempo que esse é um curso de graduação muito buscado, ele também tem um valor um pouco mais alto. Ao menos, bem mais alto do que os demais. Logo, financiar as aulas e os custos gerais pode ser uma ideia para muita gente.

Basicamente, no caso desse produto disponível, saiba que ao se optar em fazer o financiamento, isso quer dizer que valor dos juros irá aumentar mediante ao tempo que você irá se comprometer em pagar a dívida.

Como assim? É fácil entender: se a escolha contar com muitas parcelas, consequentemente haverá mais juros cobrados do que se você financiar em menos tempo. E isso tem a ver com o valor total a ser pago, claro.

Lembrando ainda que cada financiamento estudantil tem as suas regras e benefícios. Por isso, para que você entenda melhor como funciona o do Santander, preparamos esse conteúdo completo. Comece por entender sobre como pedir o crédito e saiba sobre análise e renovação.

O pedido do financiamento no Santander

Para que você consiga solicitar esse tipo de financiamento estudantil será preciso preencher uma carta de habilitação. Depois, imprimir o documento e ir até a faculdade fazer a assinatura considerando o curso de medicina.

Resumidamente, o primeiro passo é a carta de habilitação. E você pode acessá-la na página online do banco Santander. Após baixar o arquivo em Word será preciso informar todos os dados, começando pelos da faculdade, como nome da instituição, conta corrente e CNPJ.

Depois, vem os seus dados pessoais. Entre eles, o nome, o endereço e o CPF. Além disso, você deverá preencher várias informações sobre o curso e o tipo de financiamento que está em busca. Então, preste bem atenção nestas informações para não ter problemas lá na frente.

Outra dica é: informe corretamente o valor da mensalidade, valor total do período para pagamento antecipado e a quantidade de parcelas que pretende financiar porque isso poderá ser apresentado no seu contrato futuro.

As opções!

Ainda durante o pedido do financiamento, saiba que você poderá escolher o tipo de período financiado, sendo semestral, anual ou pós-graduação. Ou pode ser o curso completo, considerando que isso também irá depender do cronograma de estudo de cada instituição.

Depois de optar por semestre ou ano, informe quantos são esses períodos, data de início e a de término. E assim você vai finalizar essa primeira parte. Em seguida, após o formulário e a ida até a instituição, saiba que vem a análise do banco.

A análise de crédito do banco Santander

Com a carta devidamente preenchida, ela deverá ser levada para alguma das agências bancárias do Santander espalhadas em todo o país. Obviamente, o indicado é que você vá naquela mais próxima de você.

Ela será enviada e passará por uma pré-análise. É assim que o banco irá calcular o risco de crédito. Inclusive, os interessados estão sujeitos a uma análise de crédito de avalistas. Normalmente, o prazo máximo para o banco entrar em contato é de 7 dias úteis.

Se o contrato for aprovado, o interessado poderá fazer a assinatura do contrato. O valor será liberado para a universidade em uma única parcela e tem por objetivo saldar aquele período completo, o qual você tenha solicitado.

Conforme for sua análise de crédito e o perfil do seu analista, você terá uma taxa correspondente de juros. Logo, as mais baixas partem dos 1,39% ao mês.

Os requisitos para pedir o financiamento no banco

Primeiramente, é importante estar matriculado em uma faculdade e que ela ofereça a opção para que possa ser feito qualquer tipo de financiamento. Então, não é todo curso de medicina do Brasil que vai permitir esse tipo de crédito.

Mas, saiba que o financiamento irá demorar para começar a valer, pois só entrará em vigor a partir da 4ª mensalidade do curso de medicina. Então, o candidato acaba correndo um certo risco porque se não for aprovado terá que conseguir novas formas de financiar os estudos.

Além disso, o Santander exige que o interessado tenha pelo menos um avalista, podendo ser seu pai, mãe ou alguém que se proponha a ser seu responsável financeiro, desde que apresente uma comprovação de dependência econômica.

Saiba o que é e como baixar a Carteirinha Estudantil Digital

Essa comprovação pode acontecer através do Imposto de Renda ou apresentando uma Escritura Declaratória de Dependência Financeira. Em alguns casos, pode ser necessário a inclusão de um segundo nome, de outro avalista, conforme análise do banco.

A renovação do financiamento para o curso de medicina

Por último, saiba que você precisa ficar atento sobre as regras de renovação do seu contrato de financiamento estudantil no banco Santander.

Assim, toda vez que começa um novo período na sua faculdade, seja anual ou semestral, é permitido fazer a renovação do financiamento. No entanto, uma nova análise de crédito e dos seus avalistas será feita.

O valor que você já estiver devendo será trazido para o saldo atual. Contudo, haverá diminuição proporcional dos juros e ainda, contará com a soma ao valor líquido do novo período, isso tudo para que os encargos financeiros e juros sejam inclusos no valor integral.

Outra coisa muito importante que você precisa saber é sobre o prazo de pagamento: este deverá ser igual ao dobro do tempo desse novo período que se inicia e acrescentando o prazo remanescente do contrato anterior, mas sem que haja acúmulo das parcelas.