Robert Irwin, o filho do caçador de crocodilos, já está seguindo os passos do pai

Seu pai era uma celebridade da televisão e agora ele planeja continuar seu legado de proteger e cuidar da vida selvagem. Robert é o último filho do caçador de crocodilos, Steve Irwin, e agora é um adolescente de 15 anos que está lentamente ganhando fama mundial, seguindo os passos de seu pai, que morreu em 2006 por causa de ima picada de arraia.

Após a aposentadoria de Steve, a família Irwin continuou a administrar a organização sem fins lucrativos Wildlife Warriors e a colaborar com zoológicos em diferentes países, especialmente na Austrália, onde vivem as criaturas mais perigosas do mundo.

O mais novo dos Irwin é aquele que acompanha mais de perto os passos de seu pai. Ele já está aparecendo em mais programas de televisão e a última foto que ele postou em sua conta no Instagram é uma clara homenagem a Steve.

Robert Irwin, o filho do caçador de crocodilos, já está seguindo os passos do pai

Na foto, Robert é visto alimentando um enorme crocodilo com um pedaço de carne. A coisa mais impressionante sobre essa imagem é que é Murray, o mesmo réptil que seu pai, Steve Irwin, alimentou 15 anos atrás.

Se você pensar sobre isso, é apenas uma foto em que duas pessoas jogam carne para um crocodilo perigoso. Mas o fato de que é sobre pai e filho dá um toque comovente e as pessoas fizeram muitos comentários positivos sobre a publicação de Robert, motivando-o a continuar se esforçando e continuar o trabalho de Steve.

Robert Irwin, o filho do caçador de crocodilos, já está seguindo os passos do pai

Robert acredita firmemente no que seu pai lhe ensinou, especialmente em que devemos cuidar de todos os animais da natureza, não apenas daqueles que nos servem como companheiros ou são belos:

“Eu acho que agora, mais do que quando papai estava por perto, nossa vida selvagem está realmente se esgotando a uma velocidade incrivelmente rápida. É muito importante que aprendamos a amar e respeitar todos os animais e lugares naturais, não apenas as criaturas adoráveis ​​e ternas.”

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.