Exorcista-chefe do Vaticano diz que lidou com demônios 60.000 vezes

ANÚNCIO
ANÚNCIO

O exorcista do Vaticano Padre Gabriele Amorth diz que já lidou com 60.000 exorcismos – e em uma ocasião ele se deparou com um demônio que se comunicava em inglês perfeito, mesmo que o homem atingido falasse apenas italiano.

O padre italiano – o exorcista chefe do Vaticano, não menos importante – é o assunto de um novo livro que relata suas experiências assustadoras, entrando em detalhes sobre alguns de seus trabalhos como exorcista.

Exorcista-chefe do Vaticano diz que lidou com demônios 60.000 vezes

Uma história do novo livro é particularmente assustadora. O padre Amorth foi visitado por um jovem italiano uma manhã de 1997, acompanhado por um padre e um tradutor.

O homem que o visitou falava apenas italiano – daí o tradutor – mas o espírito dentro dele falava inglês perfeito.

Quando o padre Amorth começou o exorcismo em latim, ele mencionou Jesus – e naquele momento o homem se voltou para o padre e o encarou, antes de gritar maldições e ameaças em inglês, cuspir nele e tentar atacá-lo.

No entanto, o demônio ficou em silêncio por um segundo quando o exorcista chegou à oração Praecipio tibi (‘eu ordeno’).

Marcello Stanzione, um padre católico que trabalhou com o padre Amorth, escreveu: “Mas então, gritando e uivando, o demônio explodiu e olhou diretamente para ele, babando saliva da boca do jovem”.

O padre Amorth continuou com o ‘rito de libertação’ e disse ao espírito que revelasse seu nome, apenas para o demônio responder que era Lúcifer.

Como você pode imaginar, o padre ficou impressionado ao perceber que havia sido confrontado com o Diabo, mas continuou com seu trabalho.

O homem possuído continuou gritando e girou a cabeça para trás, os olhos revirando na cabeça e as costas arqueadas. A sala ficou tão fria que se formaram cristais de gelo nas janelas e paredes.

Poucos minutos depois, o corpo do jovem ficou rígido e começou a levitar, pairando no ar antes de cair em uma cadeira.

Agora, pode parecer um filme de terror, mas o padre Stanzione insiste que tudo aconteceu.

Exorcista-chefe do Vaticano diz que lidou com demônios 60.000 vezes
Mandatory Credit: Photo by Agf/Shutterstock (2372796e)
Padre Gabriele Amorth
Padre Gabriele Amorth, Italy – 20 Apr 2004

Seu livro, O diabo está com medo de mim, contém todos os detalhes da vida do padre Amorth, incluindo o encontro particularmente horrível em 1997, bem como os surpreendentes 60.000 exorcismos que ele realizou nos seus 30 anos de trabalho.

Poucos meses antes da morte do padre Amorth em 2016, o diretor do filme The Exorcist, William Friedkin, teve permissão para filmar ele realizando um exorcismo real, fazendo dele a primeira pessoa a fazê-lo.

A filmagem do documentário mostra uma mulher italiana com quase 30 anos se debatendo violentamente, gritando com uma voz que simplesmente não soa humana.

Exorcista-chefe do Vaticano diz que lidou com demônios 60.000 vezes

Ela teria sido amaldiçoada por seu irmão satanista e sua namorada.

Embora Friedkin fosse agnóstico, ele disse que a experiência era “aterrorizante”, com até os principais neurocirurgiões e psiquiatras incapazes de explicar o filme.

O padre Armorth alertou: “O diabo está sempre escondido e o que ele quer acima de tudo é que não acreditemos que ele exista”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible