Início Utilidade Pública

Veja um exemplo de carteira de investimentos ideal para conservadores

Nem sempre é fácil montar uma carteira de investimentos. Ainda mais quando a gente está passando por situações mais turbulentas. Ainda assim, nós arriscamos a fazer isso porque tem muita gente perguntando sobre isso. Veja um exemplo de carteira de investimentos ideal.

E leve em conta que consideramos um perfil totalmente conservador. Tanto é que escolhemos apenas 4 ativos, sendo 2 do Tesouro Direto e 2 CDBs, que podem ser encontrados em bancos. A ideia, portanto, é que você considere 4 objetivos para cada um dos ativos.

E tem mais: considere ainda que usamos um exemplo de investimento mensal de R$ 1 mil. O motivo? Facilitar as contas e também o fato de que é um ótimo valor a se investir. Obviamente, se você vai investir menos do que isso, basta fazer as contas proporcionalmente.

Os ativos escolhidos para a carteira

A gente vai usar esse primeiro tópico para explicar os motivos pelos quais escolhemos os ativos. Além disso, vamos trazer boas ideias para uso deles. Continue lendo que você vai entender isso de modo simples. Vamos lá!

1 – Tesouro Selic

O Tesouro Selic rende hoje a taxa Selic e mais uma taxa de 0,03%. Sendo assim, temos uma conta simples que fica em 3,75%, que é o esperado da Selic para o fim do ano e mais a taxa de 0,03%, o que totaliza 3,78%.

Mas, por que optamos pelo Tesouro Selic? Ele é um ativo muito seguro e que rende mais do que a poupança. No entanto, tem a mesma alta liquidez da caderneta, sendo que permite o investidor fazer o resgate sem ter perdas financeiras na rentabilidade final.

Sendo assim, ele é muito indicado para quem vai montar a reserva de emergência. Pode não ter a melhor rentabilidade do mundo, mas a segurança faz sentido – tanto é que até os mais agressivos investem no Tesouro Selic.

2 – CDB Banco Renner 2024

Em várias plataformas de corretoras de valores, como na XP Investimentos, nós temos esse CDB. E a taxa mostra é fixada em 7,75%. Ele é do Banco Renner, que é de médio porte. Mas, se você está inseguro, não fique.

Os CDBs dão da renda fixa, tem títulos prefixados e tem a garantia do FGC, Fundo Garantidor de Crédito. Sendo assim, você não vai perder o seu dinheiro mesmo se o banco falir. Para isso, é preciso cumprir a regra de ter até R$ 250 mil investidos em cada CPF.

Portanto, ele acaba sendo uma fonte segura de investimento para o médio prazo. Nesse caso, como temos 4 anos, ele pode servir para juntar dinheiro para comprar um carro, por exemplo ou realizar uma viagem com a família.

3 – CDB Pine 2027

Outro CDB, que é um pouco mais longo, para daqui 7 anos, rende um pouco melhor também: 10,2%. A ideia é a mesma do CDB citado acima, com garantia de rendimento para o médio prazo. Logo, ele pode servir para objetivos parecidos e outros.

Além de comprar um carro ou uma moto ou fazer uma viagem, também dá para pensar em dar entrada na casa própria ou reformar a casa que você já tem.

4 – Tesouro IPCA + 2035

O último ativo que trouxemos também é do Tesouro Direto. A gente optou por ele, que é do longo prazo, para daqui 15 anos. Atualmente, ele rende o IPCA + 4,41%. Então, temos um IPCA que deve ficar em 0,53% no ano e o título deve render 5%.

De um modo geral, é um ativo que é pós-fixado. Ou seja, ele tem um rendimento baixo agora por conta da situação, mas isso tende a melhorar com o tempo. A ideia dele é sempre se manter acima da inflação.

É um ativo ótimo para aposentadoria ou para montar o próprio negócio depois que você sair do seu trabalho com carteira assinada.

A divisão da carteira

Agora, vamos falar um pouco sobre a divisão desse exemplo de carteira de investimentos ideal para conservadores que criamos. A ideia é pensar em alguém que ainda não tem reserva de emergência e nada de dinheiro guardado, ok?

  • 30% – Tesouro Selic
  • 30% – CDB Banco Renner 2024
  • 25% – CDB Pine 2027
  • 15% – Tesouro IPCA 2035

Sendo assim, uma boa parte da carteira vai para a reserva e uma parte menor para a aposentadoria, que tem um prazo mais longo para acontecer. Logo, os valores ficariam divididos assim:

  • R$ 300 – Tesouro Selic
  • R$ 300 – CDB Banco Renner 2024
  • R$ 250 – CDB Pine 2027
  • R$ 150 – Tesouro IPCA 2035

Além do mais, apenas para lembrar das rentabilidades e ver a diferença entre elas, trouxemos aqui abaixo esses números. Note que sempre dá para buscar ativos mais rentáveis dentro do mesmo padrão/objetivo.

  • 3,78% – Tesouro Selic
  • 7,75% – CDB Banco Renner 2024
  • 10,2% – CDB Pine 2027
  • 5% – Tesouro IPCA 2035

Após isso, resta saber se montamos uma boa carteira, não é mesmo? Vamos ao que interessa.

A rentabilidade da carteira

A primeira coisa é observar que esse exemplo de carteira de investimentos ideal não é para que você tenha o melhor rendimento do mundo. Se assim fosse, possivelmente, você teria buscado uma carteira mais agressiva.

Por outro lado, a gente tem que considerar alguns pontos. Por exemplo, o valor da inflação, da Selic e do IPCA. Então, a gente analisa a carteira e vê o saldo final. De um modo simples, a gente tem uma taxa de 6,76% para essa carteira no ano, bom para o perfil conservador.

  • Carteira rendendo 6,76%
  • Selic em 3,75%
  • IPCA em 0,53%
  • Inflação em 4%

O que quer dizer que o investidor que manter todo o prazo vai conseguir ter um rendimento acima da inflação. O que não aconteceria se você tivesse jogado todo o seu dinheiro na poupança.