Minilua

Eternas promessas do futebol: Keirrison #3

Após alguns dias sem postar, volto com uma das séries que mais gosto de produzir.

A “Eternas promessas do futebol” de hoje é sem sombra de dúvidas a que contará a história de uma das maiores decepções do futebol mundial.

Senhoras e senhores, hoje falaremos de Keirrison de Souza Carneiro, o Keirrison. Nascido em 3 de Dezembro de 1988, o atacante ganhou visibilidade no Coritiba, clube pelo qual teve o seu melhor momento e onde foi tido como grande promessa.

Carreira

Revelado nas categorias de base do CENE, Keirrison logo foi vendido para o Coritiba, onde em 2006 alcançou a vice-artilharia da Copa São Paulo, além de também ser o artilheiro dos campeonatos paranaense de 2006 e 2007.

Sua primeira competição nacional foi a Série B de 2007, no torneio, o jovem atacante balançou a rede por 12 vezes e com isso terminou como artilheiro e também campeão com o Coritiba.

Suas boas atuações pelo Coritiba acabaram por despertar a atenção de grandes clubes brasileiros, entre eles o Palmeiras, clube que inicialmente tentou contratar o jogador, mas que não obteve sucesso na negociação.

Após rumores de que iria para o clube paulista, Keirrison continuou no Coritiba e com isso foi campeão estadual, artilheiro, eleito melhor do campeonato e também escolhido para a seleção da competição.

Com mais um ano arrasador, tanto no estadual como no Campeonato Brasileiro, Keirrison acabou mesmo indo para o Palmeiras.

Palmeiras

Suas excelentes atuações continuaram sendo rotina no Palmeiras, tanto que o atacante fez 16 gols em 14 jogos, ou seja, média de 1,33 gols por partida. Seu nome começou a ser especulado na Seleção Brasileira, o que despertou o interesse de um gigante do futebol mundial, o Barcelona.

Com o assédio do Barcelona, Keirrison deixou o Palmeiras antes mesmo de completar seis meses de clube.

Barcelona

Contratado pelo Barcelona para a temporada 2009/2010, Keirrison chegou à Espanha com status de grande promessa brasileira. No entanto, o jovem atacante nem mesmo jogou no time de Lionel Messi, visto que foi emprestado ao Benfica para adquirir experiência.

Benfica

No Benfica, Keirrison pouco jogou, visto que enfrentava a concorrência do ídolo Nuno Gomes, Óscar Cardozo, Pedro Mantorras, Weldon e Saviola. Para piorar a situação, o clube português ainda contratou Alan Kardec e Éder Luís.

Fiorentina

Sem chances no Benfica, Keirrison foi emprestado a Fiorentina, clube pelo qual também teve um início animador, já que marcou em seus dois primeiros jogos com a camisa da equipe italiana. Infelizmente, as atuações não foram suficientes para assegurar a vaga do jogador.

Santos

Diante de tantas partidas apagadas, Keirrison voltou ao Brasil, acertando com o Santos. Reserva durante toda a sua passagem pelo peixe, o atacante via Neymar carregar o alvinegro praiano nas costas e conquistar títulos.

Cruzeiro

Mais uma vez Keirrison foi emprestado, dessa vez o Cruzeiro apareceu como nova oportunidade. Foram nove jogos e apenas um gol. Atuações apagadas fizeram com que o clube mineiro liberasse o jogador para retornar ao Coxa Branca.

Retorno ao Coritiba

Atualmente Keirrison está no Coritiba, clube por onde joga e continua tendo altos e baixos. Nas últimas partidas, o jogador parece estar recuperando a forma que demonstrava no início da carreira. Se isso será verdade ou não, caberá ao tempo dizer.

Espero que tenham gostado dessa matéria. Compartilhe esse post, pois isso ajuda e nos incentiva a criar conteúdo de qualidade para todos vocês. Um abraço!