Estudo revela que Deus teria 67% de chances de existir

01

Este é com certeza um dos maiores questionamentos que paira sobre a humanidade desde os primórdios.

Responsável sempre por acaloradas discussões a (in)existência de um criador sempre dividiu opiniões, contudo um físico inglês chamado Stephen Unwin divulgou um estudo matemático no qual afirma que Deus teria 67% de chances de existir.

Os cálculos  e equações que o físico se utilizou estão todos descritos em seu livro The Probability of God (“A Probabilidade de Deus”), mas como o título é inédito no Brasil aqui vai um pequeno resumo:

04Primeiramente Unwin estabeleceu o uso de uma fórmula criada há cerca de 200 anos, o cálculo bayesiano, que se inicia com uma teoria que o “ser superior” teria uma probabilidade de existência de 1 x 1, ou seja, 50% de chances de existir contra 50% de não existir, a partir deste ponto agregam-se evidências contra ou a favor da afirmação inicial.

“A idéia foi equilibrar nosso lado que precisa de evidências racionais com nossa capacidade de acreditar em algo por intuição”, disse Unwin.

Por exemplo: O fato de nos sensibilizarmos ao ver um desabrigado e dar auxílio sem esperar nada em troca segundo o estudo evidenciaria a existência do “bem” e isso é assimilado a um mundo com a presença de Deus, ao passo que um catástrofe natural como um furacão seria uma evidência de um mundo sem Deus.

Além disso, o livro contém uma planilha Excel para que cada leitor possa tirar suas próprias conclusões e realizar um cálculo pessoal sobre a existência divina.

O que você pensa a respeito? Compartilhe com seus amigos no Twitter e Facebook!

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo