A estrela mais fria do universo

Cientistas franceses fizeram uma descoberta incrível, uma estrela cuja temperatura parece ser de cerca de 100ºC, é igual ao ponto de fervura da água no nível do mar. Esse número projeta a nova estrela, localizada a cerca de 75 anos-luz da Terra, como a mais fria já registrada pela astronomia.

A rigor, não se trata de uma estrela comum, e sim o que os astrônomos chamam de “Anã-marrom”. Trata-se uma classificação para os astros que deveriam se tornar estrelas, mas “não conseguiram”. Basicamente, é um corpo celeste que não conseguiu reunir hidrogênio suficiente em seu núcleo para tornar-se uma estrela, mas é mais densa do que um planeta.


Esta nova anã-marrom chamada de CFBDSIR 1458+10B, vista a partir de um observatório espacial localizado no Chile, foi descoberta por representantes de duas entidades científicas da França.

Eles consideram que é possível achar corpos celestes ainda mais frios em breve, procurando no complexo de anãs-marrons onde a CFBDSIR 1458+10B está inserida.
Para comparação: o nosso Sol apresenta uma temperatura de 5500ºC na superfície, ou seja, cerca de 55 vezes mais que a da anã-marrom descoberta.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo